A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

23/05/2015 15:26

Adolescente é absolvido por assassinato cometido em 2012

Renata Volpe Haddad

Adolescente foi absolvido de crime que aconteceu em Chapadão do Sul em 2012. O rapaz teria confessado que assassinou Gilmar Alves Pereira, 27, com um tiro na nuca. Porém, os desembargadores do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) não aceitaram a confissão, por se tratar de “único elemento de prova coletada pela polícia”.

Veja Mais
PMA prende caçador com arma ilegal em Chapadão do Sul
Novoperário surpreende e empata com a SERC em Chapadão do Sul

Segundo o advogado de defesa Jackson Gomes Yamashita, existem críticas aos serviços realizados pelos policiais e ao Ministério Público. “Isso por não terem buscado outros elementos de prova que indicasse que o menor de fato era autor infracional”, comenta.

Na época o autor estava com 17 anos, e foi absolvido ontem (22) do ato infracional ao crime de homicídio duplamente qualificado.

Entenda o caso- No dia 11 de maio de 2012, Gilmar Alves Pereira foi assassinado com um tiro na nuca e a bala atravessou a testa. Segundo o site Camapuã News, Gilmar foi atingido pelas costas, quando caminhava pela rua, às 22h30. Na época, como não havia nenhum suspeito, presumiu-se que o assassino chegou por trás, atirou a queima roupa e fugiu.

De acordo com a esposa de Gilmar, ele saiu de casa com R$ 300 e foi encontrado, caído, segurando apenas R$ 10, como uma forma de defesa.

Em depoimento, o autor do crime contou que tinha vendido um celular para Gilmar no valor de R$ 250, dois dias antes de matar a vítima. Porém, como não havia pago, o adolescente o encontrou no dia 11 em um bar, cobrou Gilmar que não pagou. Logo em seguida, o autor foi até um terreno baldio, pegou a arma, voltou ao estabelecimento, mas Gilmar não estava mais lá.

O adolescente afirmou que saiu procurando pela vítima nas ruas do município quando o encontrou e atirou em Gilmar. No dia seguinte, o adolescente jogou a arma de uma ponte do Rio Aporé.

Novoperário surpreende e empata com a SERC em Chapadão do Sul
O Novoperário de Campo Grande surpreendeu a Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão, esta tarde, na cidade de Chapadão do Sul, na abertura da sétim...
Chapadão do Sul perde na Justiça e terá de criar 300 vagas de educação infantil
Contrariando a apelação cível da Prefeitura de Chapadão do Sul, que alega que não há déficit de vagas na educação infantil do município, os desembarg...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions