A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/11/2014 10:39

Adolescente é morto ao sair de boate; cidade tem 5 homicídios em 3 dias

Luciana Brazil
Rodrigo Ortega foi morto ontem (7) com seis tiros enquanto tomava tereré com esposa e sogra. (Foto: Dourados News)Rodrigo Ortega foi morto ontem (7) com seis tiros enquanto tomava tereré com esposa e sogra. (Foto: Dourados News)

Em apenas três dias, cinco pessoas foram assassinados em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. Em pelo menos quatro dos cinco casos, jovens entre 16 e 20 anos estavam envolvidos como vítimas ou autores dos crimes. Entre quinta-feira (6) e a madrugada de hoje, uma estudante e dois rapazes, todos com idade inferior a 20 anos, foram mortos. As outras vítimas tinham 46 anos, e uma delas foi morta pelo enteado de 18 anos. O número de homicídios aumentou em relação ao ano passado, de acordo com a Polícia Civil.

Veja Mais
Pecuarista é preso suspeito de ter mandado matar amante da esposa
Só este ano, 36 estrangeiros foram à PF em Corumbá para pedir refúgio

Na madrugada deste sábado (8), Silas Eduardo Ferreira, 16 anos, foi baleado quando saía de uma boate, na região central da cidade, por volta das 4h30. Morador do Jardim Santa Maria, ele deixava o local quando foi atingido com vários tiros, de acordo com o site Dourados News. O crime aconteceu na Rua Albino Torraca.

Segundo testemunhas, dois homens em uma motocicleta se aproximaram e começaram a atirar. Silas foi atingido nas costas. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu antes de chegar ao Hospital da Vida.

O caso foi registrado como homicídio doloso. Até o momento nenhum suspeito foi preso.

Crimes- Na madrugada de quinta-feira (6), um pedreiro de 26 anos matou a facadas a esposa, a estudante Lindinês Caroline Benites de Medeiros, 20 anos. O crime aconteceu em frente à filha do casal, uma criança de um ano. O homicídio aconteceu na Rua Marechal Rondon, na Vila Industrial.

Depois do crime, o autor, Vanderson Rocha Teixeira, ligou para o patrão, um ex-policial, e confessou o assassinato. A vítima foi atingida com 11 golpes, seis deles no pescoço e o restante nas costas, rosto, peito e braços, segundo a perícia.

Ainda na quinta-feira, Adelibio Farias Vasques, 46, foi morto com cinco tiros, na Rua General Osório, na Vila Cachoeirinha. De acordo com boletim de ocorrência, a ex-mulher da vítima contou que, pouco antes de Adelibio ser morto, ele recebeu 12 ligações do mesmo número de uma pessoa desconhecida. Na última ligação, a vítima foi para frente da casa e acabou atingida pelos tiros.

Conforme testemunhas, os criminosos também usaram uma motocicleta para cometer o crime. Se aproximaram da vítima, falaram algo e, em seguida, o garupa desceu e atirou. Os tiros atingiram o rosto, peito, pescoço, orelha e cabeça. Até o momento, não há informações sobre o autor do crime.

Também na quinta-feira, Mario Marcio Evangelista Pinheiro, 46, foi morto a golpes de faca. O suspeito pelo crime é o enteado Diego Vinícius Pedro de Souza, 18 anos. A vítima foi encontrada, por volta das 20h20, na Rua Projeta 23, no Jardim Florida II.

Mario estava com o suspeito e outras pessoas conversando e bebendo quando se desentenderam e a vítima acabou sendo esfaqueada. Mario foi encontrado sem vida, sentado em uma cadeira, com muito sangue em volta. Ele foi morto com quatro facadas, todas na região do tórax.

Ontem (7), as mortes continuaram. Por volta das 20 horas, outro jovem foi morto com seis tiros. Rodrigo Ortega Menani tomava tereré com a mulher e a sogra, na Rua Projetada D, Bairro Estrela Porã, quando foi atacado. Quatro homens, em duas motocicletas, se aproximaram da vítima e dispararam.

Rodrigo foi ferido com dois tiros na cabeça, um nas costas, um no ombro e outros dois acertaram os braços. Ele morreu na hora. A Polícia Civil investiga o caso, mas até o momento não há informações sobre a identificação dos criminosos. 

Horas- Em menos de quatro horas duas tentativas de homicídio foram registradas na quarta-feira (5), em Dourados. Uma das vítimas, Ronildo Oliveira Domingues, 26 anos, foi encontrado caído na rua, com quatro tiros, na Vila São Braz. Horas antes, Tainan Pinheiro da Rosa foi atacado e levou três facadas depois de discutir em um jogo de futebol.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions