A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Janeiro de 2017

10/11/2016 23:12

Advogada do Palácio da Justiça paraguaio é executada a tiros em casa

Nyelder Rodrigues

Foi morta a tiros na noite desta quinta-feira (10) em Pedro Juan Caballero - cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande - a advogada Gladys Victoria Baez que trabalhava no Palácio da Justiça do Paraguai.

Gladys tinha 39 anos e, segundo o site Porã News, foi alvo de três disparos feitos por pistoleiros que foram até a casa dela, localizada no cruzamento da rua Coronel Martinez com a rua Alberdi, bairro Bernardino.

Participaram do crime, ocorrido por volta das 22h, dois pistoleiros que chegaram em uma moto à casa da vítima e invadiram o local. Gladys foi ajudada por vizinhos e levada ao hospital local, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Agentes da polícia paraguaia foram ao local para colher evidências que possam indicar os autores do homicídio. A suspeita inicial é que os executores sejam pessoas com vínculo à vítima, porém outras hipóteses ainda não são descartadas.

O caso está sob investigação da Seção de Investigação de Delitos. Gladys era advogada e atuava no Palácio da Justiça de Amambay, departamento - equivalente a um estado no Brasil - que tem Pedro Juan Cabalerro como capital.

Homem é mantido refém durante roubo de caminhonete em estrada
Por volta das 6 horas deste domingo, um homem de 46 anos foi feito refém durante assalto ocorrido em estrada conhecida como cascalheira, via de acess...
Jovem morre ao colidir moto com caminhonete estacionada
Motociclista de 19 anos morreu, por volta da 1 hora deste domingo (22) ao colidir a moto que pilotava com uma caminhonete que estava estacionada na r...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions