A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

05/06/2014 14:43

Advogado preso pelo Gaeco é acusado de tráfico de influência e corrupção ativa

Bruno Chaves

O advogado preso nesta quinta-feira (5) durante a Operação Gravata, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), deflagrada em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, é suspeito de ter cometido crimes de tráfico de influência, exploração de prestígio e corrupção ativa.

Veja Mais
Advogado de Dourados é preso durante operação do Gaeco
Ônibus colide em carro, arranca duas árvores e só para ao bater em muro

Em nota divulgada à imprensa, o MPE/MS (Ministério Público Estadual) informou que a operação, comandada pela 6ª e 7ª Promotorias de Justiça Criminais de Dourados é destinada ao cumprimento de um mandado de prisão preventiva e de quatro mandados de busca e apreensão, três em Dourados e um em Ivinhema.

Todos os documentos foram expedidos pelo Juiz de Direito da 3ª Vara Criminal, em substituição. O nome do advogado preso não foi divulgado.

Mais de nove meses de investigações sobre a acusação dos três crimes que pesam sobre o advogado foram necessários para que os mandados fossem expedidos pela Justiça. Quatro Promotores e 15 policiais militares do Gaeco participam da operação.

Acusação – O advogado “teria recebido dinheiro de pessoas para obter decisões judiciais favoráveis, mas faltam peças na história, os envolvidos na corrupção passiva”, disse, ao Dourados News, o o promotor público aposentado Upiran Gonçalves, que acompanha a visita dos policiais no município.

Um empresário do ramo de peças usadas de Dourados também estaria sob a mira das investigações. Ele teria recebido favorecimento no caso.

Advogado de Dourados é preso durante operação do Gaeco
Operação sigilosa do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) prendeu, na manhã desta quinta-feira (5), um advogado morador d...
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions