A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

02/07/2012 14:12

Agência do Senai de Ivinhema será inaugurada nesta terça-feira

Nadyenka Castro

Local vai atender demanda de qualificação profissional da região

Agência do Senai de Ivinhema será inaugurada amanhã e vai atender demanda de qualificação da região. (Foto: Divulgação)Agência do Senai de Ivinhema será inaugurada amanhã e vai atender demanda de qualificação da região. (Foto: Divulgação)

A Agência de Formação Profissional do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), em Ivinhema, município que fica a 282 quilômetros de Campo Grande, será inaugurada nesta terça-feira.

A solenidade de inauguração do local está marcada para as 14 horas e terá a presença do presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen.

O imóvel foi cedido pela Prefeitura de Ivinhema por sete anos. No local funcionava a sede da Someco (Sociedade de Melhoramentos e Colonização). O espaço foi adaptado para atendimento de capacitação profissional e vai atender a demanda da usina de açúcar, álcool e bioeletricidade do Grupo Adecoagro.

As obras de reforma e ampliação do imóvel começaram no dia 19 de março deste ano. O investimento da Fiems é de R$ 500 mil. Segundo Sérgio Longen, o imóvel tem 745 m² de área coberta e sofreu modificações para melhor atender os alunos do Senai em Ivinhema.

O local contará com cinco salas de aula, sala de informática com 30 computadores, biblioteca com livros específicos dos cursos oferecidos, ambiente administrativo com recepção, laboratório de química para 30 alunos e oficina didática de mecânica, além de banheiros adaptados e pátio com estacionamento para unidades móveis do Senai.

Inicialmente, a unidade irá oferecer 150 vagas de cursos técnicos distribuídas nos três turnos (manhã, tarde, noite). O local também será ponto de aulas para aprendizagem industrial e base para educação profissional à distância.

Apenas para a usina do Grupo Adecoagro, considerado um dos principais produtores de alimentos e energia renovável da América do Sul, será necessário formar 2,1 mil trabalhadores no período de 2012 a 2015 em cursos das modalidades de aperfeiçoamento profissional, qualificação profissional, aprendizagem industrial e educação técnica.

Além da usina, uma indústria de confecção apontou a necessidade de contratar 250 pessoas qualificadas, fora o interesse das indústrias de laticínio, torrefação de café, fecularia, farinheiras, metalúrgicas, moveleiras e cerâmicas instaladas na região.

Na parte de aperfeiçoamento para a usina, estão incluídos cursos de segurança em instalações e serviços com eletricidade, operador de ponte rolante, movimentação de produtos perigosos, transporte coletivo de passageiros, formação de brigadas de emergência, segurança no trabalho em alturas, segurança na operação de guindalto, entre outros.

Já na parte de aprendizagem industrial estão incluídos cursos de assistente administrativo industrial, mecânico de máquinas agrícolas, operador de processos na indústria sucroenergética e mecânico de manutenção em motores diesel, enquanto na modalidade de educação técnica fazem parte os cursos de técnico em açúcar e álcool, técnico em manutenção automotiva, técnico em mecânica, técnico em automação industrial e técnico em eletrotécnica




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions