A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

09/07/2014 14:44

Agesul vai pagar R$ 42 mil a motorista de caminhão que caiu em rio

Edivaldo Bitencourt

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) vai pagar indenização de R$ 42 mil a um motorista que caiu no rio em decorrência da obra em rodovia estadual não estar sinalizada. O acidente ocorreu há sete anos e a sentença do juiz da 1ª Vara Cível de Maracaju, Marcus Vinícius de Oliveira Elias, é de 1º de julho deste ano.

Veja Mais
Sem receber, servidores acusam sindicato de conivência com prefeitura
Dupla é presa com mais de 400 kg de maconha e pedras de crack na BR-267

Conforme o despacho, Arlindo Pereira Soares dirigia o caminhão Mercedes Benz 1513 na noite de 27 de março de 2007, quando caiu no rio na altura do quilômetro 8 da MS-462, no município de Maracaju. Ele alegou que a Agesul não sinalizou a cabeceira da ponte, que não estava concluída, e causou o acidente.

Relatório da Polícia Militar, anexado ao processo, prova responsabilidade da agência estadual na queda do veículo. Na época, o condutor teve politraumatismo e ficou com seqüelas, como dores na coluna, de cabeça e nos olhos.

O juiz determinou o pagamento de R$ 35 mil por danos morais e R$ 7.073,55 (que deve ser corrigido) por danos materiais do caminhão. A Agesul pode recorrer da decisão e o pagamento dependerá do cronograma de precatórios estabelecidos pelo Judiciário.

Como pediu indenização de R$ 108 mil por danos morais e o pagamento de um salário mínimo como pensão vitalícia, o motorista também poderá recorrer da sentença.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions