A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

30/07/2014 16:48

Além de Dourados, corpos de vítimas serão levados para quatro cidades

Luciana Brazil
Caminhão ficou destruído. Cinco pessoas morreram na colisão. (Foto: 94 FM)Caminhão ficou destruído. Cinco pessoas morreram na colisão. (Foto: 94 FM)

Os corpos das cinco vítimas do acidente entre um ônibus da empresa Eucatur e um caminhão, na madrugada de hoje (30), na BR-163, próximo a Douradina, a 196 quilômetros de Campo Grande, já foram liberados pelo IML (Instituto Médico Legal) de Dourados, a 233 quilômetros da Capital. Os corpos serão levados para as cidades de origem das vítimas ou onde residem familiares. Na lista estão Rondonópolis (MT), Cuiabá (MT), Cruzeiro do Oeste (PR) e Guaíra (PR). Uma das vítimas já está sendo velada em Dourados. O inquérito policial foi instaurado e a perícia da Polícia Civil tem 30 dias para concluir a investigação sobre as causas dos acidente.

Veja Mais
Identificadas duas vítimas do acidente entre ônibus e caminhão na BR-163
Vítimas de ônibus foram arremessadas porque estavam sem cinto, diz polícia

Até o momento, nenhuma testemunha foi ouvida. A polícia aguarda uma lista com o nome dos passageiros para começar a colher os depoimentos. O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor e será investigado pela delegacia de Douradina.

Na colisão, cinco pessoas morreram, o motorista do ônibus identificado como Alex Sandro Pereira Mourão, 37 anos, o condutor do caminhão, Edson Porto Leite, 53 anos, Adilza Maria dos Santos, 91 anos, Maria Ivani Alves, 72 anos, e Maria Ivonete Fidalgo, 45.

O corpo do motorista do caminhão, Edson, foi levado para Cuiabá (MT), onde mora a família. O corpo de Adilza Maria foi levado para a cidade Cruzeiro do Oeste (PR) e Maria Ivonete foi levada para Guaíra, também no Paraná. O corpo da vítima Maria Ivani foi encaminhado para Rondonópolis, no Mato Grosso. O motorista do ônibus, Alex Sandro Mourão, está sendo velado em Dourados.

Dos 14 feridos que deram entrada no Hospital da Vida, em Dourados, todos ocupantes do ônibus, cinco já receberam alta. Dos nove que continuam no hospital, seis estão internados, dois deles passaram por cirurgia de urgência. Os outros três pacientes estão em observação. Conforme o hospital, não se sabe até o momento se eles serão liberados ainda hoje.

Ao todo, 17 pessoas ficaram feridas, 15 foram encaminhadas para o Hospital da Vida, mas Adilza Maria já chegou sem vida. As outras vítimas do acidente foram levadas para outras unidades de saúde em Dourados.

O acidente aconteceu durante a madrugada quando o caminhão invadiu a pista contrária, como disseram testemunhas.  

(Com Sidnei Bronca)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions