A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

04/10/2013 10:11

Alunas de escola estadual brigam e postam vídeo na internet

Viviane Oliveira

Dois vídeos postados na internet mostram uma briga entre duas adolescentes da Escola Estadual Doutor Gabriel Vandoni de Barros, no bairro Maria Leite, em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. As meninas usavam uniforme da rede estadual de ensino.

Veja Mais
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários

De acordo com o site Diário Corumbaense, no vídeo, que já foi removido da internet, mostram a briga das adolescestes e no entorno delas, uma platéia, formada por estudantes uniformizados, que acompanhava a luta como se estivesse num ringue.

Nas imagens, uma das garotas foi derrubada no chão e mesmo caída, recebeu golpes no rosto da outra adolescente, que chegou a subir sobre a adversária para bater com mais força.

Durante toda a briga, os estudantes parecem gostar do que estão vendo e não tomam nenhuma atitude para conter a briga. Uma garota até tenta em um dos vídeos, apartar, mas alguém puxa o cabelo e a impede de separar a dupla.

O confronto entre as meninas foi na Avenida Nossa Senhora da Candelária, que fica em frente da escola.
Conforme o site, a Escola foi procurada para comentar as imagens, mas disse que não se pronunciaria sobre o assunto, pois não há autorização da Secretaria Estadual de Educação.

No último dia 11, em Campo Grande, a adolescente Luana Vieira Gregório, 15 anos, morreu esfaqueada após se envolver em uma briga próximo da Escola Estadual José Ferreira Barbosa, na Vila Bordon, em Campo Grande. A acusada é uma colega de sala, de 16 anos.

Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...
Homem tem carro roubado por assaltantes armados na MS- 289
Assaltantes armados renderam o condutor de um veículo modelo Vectra e roubaram o carro por volta das 23h desta sexta-feira (9) na MS-289, em Amambai ...



Se os pais educam, vem um tal de conselho tutelar encher o saco, ai vemos o resultado disso. Sou do tempo antigo, nada disso existia e os pais podiam corrigir, cada um do seu jeito. E a segurança publica onde fica? Sera assim ate morrer mais um.
 
nikko flores em 08/10/2013 12:07:13
Falta de família, educação e religiosidade. As mídias vendendo sexo, drogas e violência.
 
Luciano Caetano. em 05/10/2013 09:06:06
Um pouco este pessoal que briga e talz.. e outros filmando.. ficam nessa frescura ate por fama... mas na verdade MÁ FAMA.. no Brasil, nas mentes fracas.. as açoes idiotas, ignorantes.. tipo funk alto no onibus.. falta de respeito com os outros usuarios neh.. pra que existe o fone de ouvido? isso e agradavel a estas pessoas.. incomodar faz bem.
o metodo de criaçao que da liberdade aboluta somado a perda de autoridade dos pais tambem graças a conselho tutelar tem levado os adolecentes a uma suposta disputa de colocaçao social sendo que isso se alcança quando a pessoa vencer na vida..
outra coisa..
a maconha ja esta liberada.. nao legalmente mas moralmente nessa turma; o cara fuma na boa em qualquer lugar sem se preocupar se o cheiro esta incomodando alguem.. narguile e fachada. tenho 25anos.
 
Ademar Spacino Jun ior em 04/10/2013 23:21:57
Parabéns meninas!! Não vejo outro futuro para essas duas, a não ser o trabalho duro e braçal.
 
Rodrigo Silva em 04/10/2013 22:53:17
eu discordo de vc carina dantas se for assim nao precisa ter escola eu vo dar aula para meus filhos em casa
 
luis gomes em 04/10/2013 22:16:45
Tem de arrumar um promotor que peite essa meninada e coloque pra prestar serviço comunitário, inclusive quem esta atiçando a briga!
 
sandra lima em 04/10/2013 19:34:55
descordo totalmente de você Karolina, pois acho que a EDUCAÇÃO vem de casa.
 
KARINA DANTAS em 04/10/2013 14:41:43
Para mim uma coisa a ser feita expulsão sem piedade para brigas entre alunos não somente dentro da escola mas também como fora da escola também e visita de conselho tutelar na casa das familias em que jovens estavam envolvidas nas brigas com cada familia pagando no minimo 2 cestas basicas para familias necessitadas para servir de lição, uma outra solução será acompanhamento policial na saida de todas escolas do estado pois senão toda saída vai virar uma sessão de MMA pois todos dias vimos brigas nas saidas de escolas.
 
Eduardo Lemos em 04/10/2013 13:04:07
Essas Redes de Ensino não possuem Normas Diretrizes Regulamentos ou qualquer meio para encaminhar os infratores ou infratoras, é muito estranho como continua acontecendo e sem os dévidos Poderes o qual é o RESPONSAVEL o ESTADO não responde por tal ato fato acontecido. A melhor maneira que vejo ou talvez seria o correto.

Considero como infratores como: "MARGINAIS" dependende do genero, expulsão imediata da rede de ensino pelo motivo sem voltar a qualquer instituição da rede. EDUCAÇÃO E RESPEITO SE APRENDE EM MEIO DA FAMILIA, se não dão o devido valor fazer com que procurem uma escola particular ou até mesmo um tratamento tanta para a familia como para o infrator (a).

Acionar o CONSELHO TUTELAR PELA FALTA DE RESPONSABILIDADE dos PAIS e que sejam tomadas as devidas providencias.
 
Jean Carlos Arruda em 04/10/2013 12:17:13
Boas para brigar com uma vassoura, rodo desinfetante e aqueles banheiros públicos bem sujos. Assim não teriam tempo de brigar.
 
Eduardo Semir em 04/10/2013 11:44:00
Corumbá seguindo a moda das brigas de escolas de Campo Grande e demais cidades do interior do estado. Um absurdo! Necessitamos de PROVIDÊNCIAS URGENTES SR ANDRE PUCCINELI E SR PAULO DUARTE! A educação corumbaense não pode continuar dessa maneira. Meninas ainda... que coisa feia.
 
Karolina Arruda em 04/10/2013 10:42:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions