A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

22/07/2014 20:59

André pede que Sejusp intervenha no bloqueio em rodovia feito por índios

Alan Diógenes
Apesar das negociações, indígenas seguem relutantes em liberar a via. (Foto: Dourados News)Apesar das negociações, indígenas seguem relutantes em liberar a via. (Foto: Dourados News)

Após três dias de bloqueio na Perimetral Norte, no trecho entre a avenida Guaicurus e a rodovia MS-156, em Dourados, a 230 quilômetros de Campo Grande, o governador André Puccinelli (PMDB) pediu ao secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Wantuir Jacini intervir na liberação da rodovia fechada pelos índios da Aldeia Bororó que estão em protesto. O bloqueio aconteceu após a indígena Lenilza Nunes, 46 anos, morrer atropelada na estrada.

Veja Mais
Justiça determina que Sanesul repare danos em erosão causada por vazamento
Chuva alaga ruas em Paranaíba e deixa até camionete submersa em Chapadão

O secretário Wantuir Jacini disse ao Campo Grande News, na noite desta terça-feira (22), que não vai tomar nenhuma decisão ou vai intervir no bloqueio, enquanto a União, PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal) e MPF (Ministério Público Federal), órgãos que cuidam da questão indígena, pedirem que seja tomada alguma decisão. “Sabemos do pedido do governador, mas ainda estamos esperando estes órgãos nos avisarem que podemos intervir. Enquanto isso nada será feito”, destacou.

Questionado, que se a intervenção por parte da Sejusp (Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública) acontecer, pode ser através de uma força radical, o secretário disse que não tem como prever isso antes do pedido formal dos órgãos que acompanham o bloqueio. “Se eles nos pedirem para intervir, aí sim iremos estudar o que pode ser feito. Não temos como prever nada”, explicou.

Os manifestantes solicitam mais segurança na via e apesar dos órgãos negociarem a liberação da rodovia, os indígenas estão relutantes e já chegaram a informar que o bloqueio é por tempo indeterminado. Nem a presença do secretário municipal de Governo, José Jorge Filho, que esteve ontem na rodovia em nome do prefeito Murilo Zauith (PSB), para negociar a liberação da via, foi suficiente para que eles se retirassem do local.

Base dos Bombeiros com 8 militares deve ser implantada até o meio do ano
Rio Brilhante - cidade localizada a 163 km de Campo Grande - deve ganhar em breve uma base do Corpo de Bombeiros. Foi publicado no DOE-MS (Diário Ofi...
Investimento em recuperação de rodovias no MS será de R$ 185,9 milhões
O Governo do Estado deve investir R$ 185,9 milhões para recuperar trechos das rodovias MS-156, MS-379 e MS-470, que ficam em maior parte na região de...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions