A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/03/2015 15:47

Animais recebem chip de rastreamento para evitar abandono nas ruas

Serviço está sendo feito em cães, equinos e bovinos atendidos no Centro de Controle de Zoonoses de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Cães encaminhados para adoção e animais encontrados nas ruas estão recebendo um chip de rastreamento no CCZ de Dourados (Foto: A. Frota/Divulgação)Cães encaminhados para adoção e animais encontrados nas ruas estão recebendo um chip de rastreamento no CCZ de Dourados (Foto: A. Frota/Divulgação)

Cães, gatos e cavalos recolhidos nas ruas e atendidos no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) estão recebendo um chip de identificação em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Segundo a prefeitura, o sistema vai melhorar o acompanhamento desses animais e até a fiscalização em caso de abandono.

Veja Mais
Vereador é internado após AVC e boatos de morte causam confusão
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas

“A aplicação do microchip nos permite registrar e identificar este animal através de um número, com os dados dele e do proprietário lançando as informações no sistema”, afirmou através da assessoria o diretor de Vigilância em Saúde Fernando Bastos. Entre os dados coletados, por exemplo, estão o RG, CPF, nome e endereço do proprietário, além de dados como raça, cor e sexo do animal.

De acordo com Fernando Bastos, se o animal for encontrado abandonado ou vítima de maus-tratos, é possível identificar o dono através do microchip e até aplicar punições previstas na lei que trata da posse responsável de animais e dá as diretrizes do bom cuidado e também determina punições para maus- tratos e abandono.

Na primeira etapa os microchips serão colocados apenas em animais atendidos no CCZ, como cães que são doados aos moradores, castrados ou que passaram por exame com resultado negativo para leishmaniose. Cães envolvidos em casos de agressão e bovinos e equinos encontrados em vias públicas também recebem o chip.

“O chip vai nos ajudar bastante a controlar situações de agressão e abandono. Também ajuda a monitorar os animais doados pelo CCZ, para que não sejam abandonados na rua e. Se isso acontecer, vamos conseguir penalizar o proprietário porque será possível identificá-lo”, afirmou o servidor.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions