A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

19/01/2015 16:31

Apagão nacional determinado pelo ONS atinge quatro cidades em MS

Priscilla Peres
Empresa fornece energia para cinco municípios do Estado. (Foto: Perfil News)Empresa fornece energia para cinco municípios do Estado. (Foto: Perfil News)

O apagão que atingiu seis estados na tarde desta segunda-feira (19), deixou quatro municípios de Mato Grosso do Sul sem energia elétrica por cerca de 40 minutos. De acordo com a Elektro, empresa responsável pelo fornecimento de energia dessas cidades, a interrupção do fornecimento foi determinado pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Veja Mais
Pecuarista é preso suspeito de ter mandado matar amante da esposa
Só este ano, 36 estrangeiros foram à PF em Corumbá para pedir refúgio

Funcionários das prefeituras de Três Lagoas, Santa Rita do Pardo, Brasilândia e Selvíria confirmaram ao Campo Grande News que ficaram de 30 a 40 minutos sem o fornecimento de energia elétrica. A Elektro atende 5 cidades do Estado e apenas Anaurilândia não foi atingida pelo apagão.

De acordo com nota da Elektro, a interrupção teve início às 15h e o retorno do fornecimento só foi concluído após determinação do ONS, às 15h45. O corte foi em torno de 6% da carga consumida, 200MW.

A região Sudeste passa por uma crise no fornecimento de energia há meses, devido a falta de chuva nos reservatórios. Além disso, devido as altas temperaturas houve recorde no volume de energia consumida nas regiões Sul e Sudeste.
Reportagem do Valor Econômico afirma que o procedimento de "alívio de carga" como foi realizado hoje, ocorre quando há uma taxa de variação elevada na frequencia que flui nas linhas. Especialistas afirmam que pode ocorrer quando há uma demanda muito elevada por energia, ocasionando uma sobrecarga no sistema.

Até o momento o ONS não se manifestou sobre o assunto, mas disse que o fará por meio de nota em seu site oficial.

Também não há informações de apagão nos municípios atendidos pela Enersul/Energisa, que até o momento também não se manifestou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions