A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

15/01/2015 15:31

Após ameaça de paralisação, duplicação da Avenida Guaicurus será concluída

Helio de Freitas, de Dourados
Obras de duplicação vão continuar até a conclusão, conforme prometido por secretário estadual de Infraestrutura (Foto: Eliel Oliveira)Obras de duplicação vão continuar até a conclusão, conforme prometido por secretário estadual de Infraestrutura (Foto: Eliel Oliveira)

A duplicação de 12 km da Avenida Guaicurus, que liga o centro de Dourados à cidade universitária e ao aeroporto, não será mais interrompida, como foi cogitado após o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciar a paralisação de algumas obras deixadas pelo governo passado. Ao contrário da construção do Hospital Regional da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, que está no início e deve ser suspensa, a obra da rodovia está na fase final e será concluída.

Veja Mais
Reinaldo diz que antecessor deixou R$ 500 milhões em obras inacabadas
Comissão pede diálogo com governo sobre duplicação da Guaicurus

A decisão de concluir a obra foi anunciada pelo secretário estadual de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli, ao presidente da Comissão Pró-Duplicação da Guaicurus, Franz Mendes, após uma vistoria à duplicação, acompanhada também pelo diretor executivo da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimento de Mato Grosso do Sul), Helio Yudi.

“O secretário conversou com os representantes das empresas que executam a obra [Guizard Junior e J Gabriel]. Recomendado pelo governador, ele veio ver o estado atual da obra, a situação em que se encontram os trabalhos e conferir com os responsáveis pela execução a possibilidade de retomar o serviço para a conclusão. A obra possui recurso do BNDES, que estão comprometidos integralmente, logo, a obra vai continuar”, afirmou Franz Mendes ao Campo Grande News.

Segundo Mendes, que diariamente acompanha a duplicação, nesta semana as empreiteiras estão fazendo a instalação de quebra-molas nos trechos já duplicados, para controlar a velocidade. Outra medida tomada após a vinda do secretário é a proibição ao tráfego de caminhões bitrem.

A duplicação da Guaicurus começou em setembro de 2013, com investimento previsto de quase R$ 30 milhões. A obra deveria ter sido entregue em dezembro de 2014, mas houve constantes atrasos, muitos atribuídos aos longos períodos de chuva.

Equipe trabalha no plantio de grama no canteiro central de trecho já duplicado da Avenida Guaicurus (Foto: Eliel Oliveira)Equipe trabalha no plantio de grama no canteiro central de trecho já duplicado da Avenida Guaicurus (Foto: Eliel Oliveira)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions