A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

30/01/2014 18:49

Após denúncia falsa, Polícia e Exército ainda procuram por casal desaparecido

Mariana Lopes

Uma denúncia falsa encheu de esperança os corações das famílias de Amanda Galhardo, 15 anos, e Agnaldo de Oliveira Silva Júnior, 20 anos, que estão desaparecidos desde sexta-feira (24). O casal foi visto pela última vez próximo a uma estrada de Taboco, distrito de Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Casal desaparece em estrada perto de Taboco após pneu de moto furar
Traficante é presa tentando levar maconha para 'boca de fumo' no Amapá

A notícia que chegou à delegacia regional, na tarde desta quinta-feira (30), foi de que o casal teria sido encontrado em uma estrada. Contudo, informação foi desmentida após a Polícia Civil encaminhar uma equipe de investigadores até o local indicado e constatar o engano.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Regional de Aquidauana, Antenor Camargo Leme, a Polícia Civil está com uma equipe com quatro investigadores que estão empenhados na busca, que está todos os dias na região onde o casal foi visto pela última vez.

“Nossos policiais estão no local colendo informações nas fazendas e propriedades da região”, ressalta o delegado. As buscas também contam com o apoio do Exército, já que o rapaz era militar.

Até o momento cinco pessoas da família do casal foram ouvidas pelo delegado, sendo os pais, irmãos e tias. Contudo, a Polícia ainda não tem pistas do paradeiro dos jovens desaparecidos.

“Só teve boato até agora, mas próximo ao local ninguém sabe dar informação, e a família também não sabe muita coisa”, pontua o delegado. Diante de pouca pista, a Polícia Civil não descarta nenhuma possibilidade ou linha de investigação.

Não é estrada perigosa, primeira ocorrência, é zona rural, onde eles param tem residência próximo
Conforme relatos que o delegado pegou no Exército, Agnaldo é “um ótimo soldado, não tem nenhum desafeto e as famílias apoiavam o relacionamento do casal, portanto, aparentemente não há motivos para os terem fugido”.

Caso – Amanda e Agnaldo saíram de Anastácio no meio da tarde de sexta-feira para ir a uma fazenda da tia do rapaz, que fica próxima a Taboco. Por volta das 15h20, o rapaz ligou para a mãe dele avisando que o pneu da moto havia furado e eles voltariam para a cidade empurrando o veículo.

Porém, como os dois não chegavam, a família resolveu ir atrás do casal, mas não encontraram os jovens. Testemunhas disseram que viram os dois empurrando a moto com o pneu furado a mais ou menos 22 quilômetros de Anastácio, na estrada que vai para Taboco.

O casal foi visto pela última vez às 17h, por uma mulher de outra fazenda. Segundo ela, os dois empurravam a moto em meio a uma comitiva de boiadeiro.

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions