A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

28/03/2011 09:35

Após ser vítima de ameaças e de agressões, mulher mata marido a tiro

Nadyenka Castro

Ela fugiu do local

Depois de ser ameaçada e agredida por vários anos pelo marido Claudionor Cristaldo Franco, 29 anos, Ana Paula Martins da Rosa, 26 anos, o matou com um tiro por volta das 22 horas desse domingo, em Aquidauana.

O crime aconteceu na casa onde eles moravam, no Jardim Aeroporto, durante uma discussão.

Ana Paula pegou a arma e disparou um tiro que acertou o lado direito frontal da cabeça de Claudionor.

Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A autora fugiu do local, mas deixou o revólver calibre 38, o qual foi apreendido. A arma era da vítima.

Ela já tinha denunciado Claudionor à Polícia em 2009. Na época ela disse que estava com ele há sete anos e que já tinha sido agredida e ameaçada várias vezes, mas não o deixava porque gostava dele e também devido aos três filhos.

Quatro dias depois da denúncia, Claudionor deu socos no rosto e na cabeça da auxiliar de serviços gerais.

Claudionor já esteve preso por tráfico de drogas em 2008 e também já foi apontado como autor de lesão corporal e ameaça, além da violência doméstica contra a mulher. Ele foi autor de homicídio doloso em 2001.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



Meu deus quando isso vai acabar, certa foi ela ja pensou se ele matasse ela primeiro,se eu estivesse nessa situação faria o mesmo por legitima defesa.só ela sabe o quanto ela sofreu na mão desse covarde.
 
Raieny Conceição Martins em 29/03/2011 09:51:29
PARA RESUMIR : ANTES QUE ELE JANTASSE ELA ...ELA ALMOçOU ELE...AGORA ESPEREMOS QUE A JUSTIçA SAJA FEITA....QUE ELA CUMPRA EM LIBERDADE SUA PENA, POIS ELA APENAS DEFENDEU SUA VIDA DE UM BANDIDO, COVARDE ....POIS JA QUE VARIOS E VARIOS CRIMINOSOS ESTAO POR AI, A SOLTA, COMETENDO CRIMES CUMPRINDO SUA PENA EM LIBERDADE, DEIXEM -NA VIVER LIVRE, E SEM PESO NA CONSCIENCIA, PQ LIVROU O MUNDO DE MAIS UMA ESCORIA, ELE SO OCUPAVA LUGAR NO PLANETA MESMO......
 
Luciene Faria em 29/03/2011 06:06:50
Ate' quando vai haver violencia contra a mulher, em preno seculo XXl ainda existe fatos da pre historia.
Onde o homem dominava mulher.
 
Edevaldo Amtonio de Oliveira em 28/03/2011 12:00:43
Eu me pergunto, onde estava a rede de proteção à mulher?? Quantos BOs foram feitos? Qual foi a atitude do Estado, da Assistência Social? Promotorias, Delegacias,?? Precisou a vítima de constantes e periodocas agressões tomar uma atitude drástica para livrar-se do agressor,um crime não justifica outro, mas a omissão dos envolvidos é mais danosa ainda....ninguem fez nenhuma intervenção, deu no que deu, infelizmente
 
Humberto Tadeu Borges Daniel Araujo em 28/03/2011 11:39:15
A vítima com uma ficha suja dessas... deveria era estar presa. A Ana Paula está de parabéns em livrar a sociedade daquele sujeito. Só falta agora o Estado querer prender a autora e ainda fazer propaganda de que o Estado está trabalhando (prendendo a autora que apenas se defendeu). Se o Estado estivesse realmente trabalhando a vítima estaria presa (e não morta) e a autora estaria livre (e não fugitiva). Para finalizar a AnaPaula deveria era receber uma medalha de bons serviços prestados para o povo, já que o Estado (com leis em excesso que protege " malandros") não consegue.
 
Nivaldo Silvad em 28/03/2011 11:12:08
Com tudo isso nas costas e esse cara tava solto , é dificil entender tudo isso.. Agora a Ana paula vai ter que pagar pelo crime.. ele tinha era mais que morrer mesmo !!!
 
Carol castro em 28/03/2011 10:44:36
Caso ela não tivesse matado esse homem, certamente ele ja teria assassinado a mulher ou algum dos filhos, pois o homem alem de ja ser um assassino, tinha antecedente de violencia domestica. Tomara que a justiça não julgue esse caso como outro qualquer, pois foi em legitima defesa.
 
leticia mello em 28/03/2011 03:52:37
se caso essa mulher ficar presa aí fica comprovado que a justiça realmente é uma tristeza vamos torcer p/ ela ficar bem cuidar da própria vida e dos filhos
 
neide reis em 28/03/2011 03:38:28
infelizmente na lei da sobrevivência natural ganha quem formais forte e pelo menos nesse dia ganhou a vítima.
 
jose amilton em 28/03/2011 02:59:42
MEU DEUS QUANDO VAI ACABA A VIOLENCIA CONTRA MULHER EM NOSSO PAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
luana adrielly em 28/03/2011 02:18:30
Ana Paula agiu em legítima defesa, se caso não mandasse "a peça" pro além...
ela seria mais uma vítima da violência contra as mulheres. Que fique em liberdade!!
 
Jane Oliveira em 28/03/2011 01:13:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions