A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

04/05/2015 10:03

Após temporal, cidade tem frio de 10°C sem chuva até sexta-feira

Caroline Maldonado
Árvore atingiu fios e causou interrupção do fornecimento de energia, em Corumbá (Foto: Diário Corumbaense)Árvore atingiu fios e causou interrupção do fornecimento de energia, em Corumbá (Foto: Diário Corumbaense)
Ventos derrubaram barracão, danificando máquinas novas, avaliadas em mais de R$ 1 milhão (Foto: Ponta Porã Informa)Ventos derrubaram barracão, danificando máquinas novas, avaliadas em mais de R$ 1 milhão (Foto: Ponta Porã Informa)

Com ventos que chegaram a 77 km/h e chuvas que somam 75 milímetros, de domingo até a madrugada de hoje (4), moradores e empresários de Ponta Porã tiveram prejuízos em diversas regiões do município, a 323 quilômetros de Campo Grande. Para aqueles que ficaram com as casas alagadas, a previsão do tempo é um alívio, pois não deve chover nos próximos dias.

Veja Mais
Temporal deixa rastro de prejuízo e causa transtornos em Ponta Porã
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre

Em compensação, a temperatura mínima fica em torno de 10°C. Segundo o Centro de Meteorologia da Uniderp-Anhanguera, aos poucos as nuvens vão dando lugar ao sol, que predomina até sexta-feira (8). A partir daí pode ter nova mudança no tempo, conforme o meteorologista Natálio Abrão.

Nenhuma família precisou deixar as casas, mas a Defesa Civil foi acionada e permanece de prontidão para atender os moradores, que tiveram as residências invadidas pela água nos bairros Alto da Glória, Jardim Vitória, Marambaia e na região norte, que alcança os bairros Jardim Panambi, Jardim Estoril, Jardim São João e Vila Áurea, nas proximidades do córrego São João Mirim.

“Estamos levantando os prejuízos nessa manhã, percorrendo os bairros que tiveram enchente. Muitas famílias foram atingidas também na região do Brejão, no Alto da Glória, onde tem declive”, comentou o coordenador da Defesa Civil, Marco Camargo. A partir de 13h40 de ontem (3), muitos ficaram sem energia durante, aproximadamente, uma hora e meia no Bairro Copafronteira, Residencial Ponta Porã, Jardim Coimbra e Estoril. Segundo Marco, a queda de energia se deu por conta de raios que atingiram transformadores.

Na BR-463, saída para Dourados, o barracão de uma empresa de máquinas agrícolas desabou sobre dois veículos novos, que custam mais de R$ 1 milhão cada. Segundo a diretora da Ciarama Máquinas, Rosineide Alves de Campos, a empresa ainda está contabilizando os prejuízos. “Também, foram atingias outras quatro máquinas usadas, além de outros equipamentos”, contou.

Choveu forte também em Corumbá, a 419 quilômetros da Capital, onde uma árvore caiu sobre toldo, rede de energia e um veículo. Segundo o jornal Diário Online, a flamboyant caiu no cruzamento das ruas América e Antônio Maria, interrompendo o fornecimento de energia na região. Choveu forte também em Naviraí, a 366 quilômetros de Campo Grande, mas não teve ventania ou estragos, segundo o Corpo de Bombeiros.

O Inmet (Instituto nacional de Meteorologia) prevê sol e temperaturas entre 12°C e 26°C para amanhã, em Ponta Porã, Amambai e Naviraí. Já Corumbá terá mínima de 23°C e máxima de 31°C, porém com céu nublado, em especial durante a manhã e a noite. Em Coronel Sapucaia, também fará sol, mas a máxima não passa de 23°C.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions