A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/09/2015 12:18

Após vento de 95 km/hora, cidade decreta situação de emergência

Viviane Oliveira
Estruturas foram danificadas pela força do vento. (Foto: O Correio News) Estruturas foram danificadas pela força do vento. (Foto: O Correio News)
A chuva destruiu o telhado da Prefeitura e de outros prédios da região central. (Foto: Jovem Sul News) A chuva destruiu o telhado da Prefeitura e de outros prédios da região central. (Foto: Jovem Sul News)

A Prefeitura de Chapadão do Sul, a 321 quilômetros de Campo Grande, decretou situação de emergência nesta manhã, após temporal que atingiu a cidade com ventos de 95,4 km/h no final da tarde de ontem (16). A prefeitura, a rodoviária e alguns prédios da região central tiveram os telhados danificados pela força do vento. Além disso, árvores caíram sobre residências e no meio das ruas. 

Veja Mais
Vento de 95 km/h destrói estruturas, derruba árvores e deixa caos
Em menos de 2 meses, chuva põe 9 cidades em situação de emergência

Conforme o prefeito Luiz Felipe Barreto de Magalhães (PTB), o decreto de situação de emergência já foi feito para poder agilizar a compra de material, porém ainda não se sabe o valor do prejuízo. Hoje de manhã, foi montada uma operação para remover os escombros que ficaram sobre o prédio da Prefeitura, do CAC (Central de Atendimento ao Contribuinte) e da rodoviária.

Os dois imóveis e o setor de embarque e desembarque do terminal, foram interditados para os trabalhos dos bombeiros. “O prejuízo foi material, felizmente ninguém ficou ferido ou desabrigado”, destaca o prefeito. Na hora do vendaval, alguns servidores ainda estavam no interior do prédio. 

O empresário e morador do município, Guilherme Alves Diniz Neto, contou que a chuva não foi tão forte, mas o que impressionou foi a velocidade do vento. "Começou também a chover granizo, mas foi bem pouco. O que surpreendeu foram os ventos fortes que destelhou muitos comércios, a rodoviária e telhados de postos de combustíveis”, contou. O empresário contou que até vidro de lojas foram quebrados com os ventos fortes.

Parte da estrutura da rodovia foi danificada. (Foto: O Correio News) Parte da estrutura da rodovia foi danificada. (Foto: O Correio News)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions