A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

24/01/2015 10:32

Assalto termina em tiroteio e PM mata suspeito; 4º caso deste ano em MS

Ricardo Campos Jr.
Suspeito de tentativa de assalto chegou a ser socorrido, mas não resistiu. (Foto: Rádio Caçula)Suspeito de tentativa de assalto chegou a ser socorrido, mas não resistiu. (Foto: Rádio Caçula)

Um homem identificado apenas como Lucas foi morto durante tiroteio com policiais militares na madrugada deste sábado (24), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações da Rádio Caçula, ele havia invadido uma casa no bairro Interlagos para assaltá-la junto com um comparsa, que foi preso.

Veja Mais
Foragido de presídio na Capital é morto durante troca de tiros com a PM
Assalto a padaria termina em tiroteio e morte

A dupla, armada com revólver, pulou o muro e rendeu os moradores. O dono do imóvel reagiu e brigou com um dos ladrões. Eles então acabaram fugindo sem levar nada e se esconderam em um matagal ao lado de um local conhecido como Lagoinha, no bairro Boa Vista.

Policiais militares começaram a fazer buscas pelos suspeitos e montaram um cerco perto do terreno na intenção de capturá-los. Lucas tentou escapar atirando contra as equipes, que revidaram e o atingiram. Ferido, chegou a ser encaminhado ao hospital Auxiliadora, mas não resistiu.

Recorrente – É a quarta vez que bandido morre em tiroteio com policiais neste mês. No dia 5, Rodrigo de Almeida Amorin, 21 anos, estava em uma casa junto com três adolescentes no Jardim Noroeste, em Campo Grande, quando a polícia foi até o local depois que um deles havia postado imagem no Whattsapp portando arma.

A equipe arrombou e invadiu o imóvel e Rodrigo se escondeu em um dos cômodos. Os militares deram três avisos para que ele saísse, no entanto, o suspeito atirou contra eles. Ao revidar, acabaram atingindo o rapaz.

No dia 14, o assaltante Paulo Henrique Benites, vulgo Perereca, de 25 anos, tentava roubar uma padaria na rua Jerusalém, quando foi surpreendido pela viatura da Força Tática do 1º Batalhão da Polícia Militar. Ele sacou a arma para atirar e foi alvejado pelos policiais. Chegou a ser levado à Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos.

Em Corumbá, a 419 km da capital, Vanio Lopes Salles, 41 anos, conhecido como Blindado, foi preso durante um cerco policial no sítio em que estava escondido junto com o comparsa, identificado como “Chalega” portando armamento pesado.

Segundo o jornal Diário Corumbaense, o homem era acusado de cometer vários crimes na região, como assaltos a caixas eletrônicos, concessionária de veículos e lotérica.

Chalega se entregou, mas Vanio conseguiu fugir. Ele estava com uma arma de calibre 42. Momentos após a polícia fechou o cerco pelos fundos do terreno onde Blindado estava. Ao perceber a presença policial, abriu fogo contra os agentes, que revidaram. Vanio foi baleado e morreu no local.

Ainda de acordo com o Diário Corumbaense, ele estava foragido do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, em Campo Grande, desde setembro de 2013. Agora, a Polícia Militar tenta encontrar outros comparsas de Vanio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions