A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

20/09/2014 11:53

Ato por mais segurança é suspenso após reunião com governador

Aliny Mary Dias

Uma mobilização que prometia parar Chapadão do Sul, distante 321 quilômetros da Capital, na próxima segunda-feira (22) foi suspensa. O ato era organizado por 28 entidades que pedem mais segurança para a cidade e foi adiado depois de reunião com o governador André Puccinelli (PMDB).

O vice-presidente do Conselho Municipal de Segurança da cidade, Jonatas de Lima Barros, explica que as entidades se mobilizaram depois de vários crimes ocorridos na cidade. O grupo decidiu fechar as lojas do centro da cidade e fazer uma passeata.

Depois de toda a mobilização, uma reunião foi realizada nesta sexta-feira (19) com o governador do Estado. Durante a conversa, Puccinelli se comprometeu a avaliar a situação e o ato foi suspenso pelo grupo por 10 dias.

“Nós sabemos que é uma questão complexa e vamos assinar um termo de compromisso para oficializar”, explica o vice-presidente do conselho.

Indígena de 21 anos é assassinado com facada no peito em aldeia
Um indígena de 21 anos foi morto no início da noite desta sexta-feira (20) após ser atingido com uma facada no peito, na aldeia Amambai, em Amambai -...
Homem com facão faz três pessoas da mesma família como reféns em casa
Três pessoas foram feitas reféns em uma casa na rua Rio de Janeiro, Centro de Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande -, na manhã des...
UEMS recebe a partir de segunda-feira congresso de pesquisadores negros
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - recebe entre segunda-feira (23) e sáb...



Ei Governador, envia o Choque para dar jeito a esses marginais.
Há! Desculpe, esqueci que eles não têm carros para patrulhar nem as ruas de Campo Grande, como podem ser enviados para o interior.
R$ 6.000.000,00 (seis milhões) para comprar viaturas para a Segurança Pública do Estado inteiro.
R$ 106.000.000,00 (cento e seis milhões) para construir um prédio para abrigar peixinhos.
 
TOYOSHI SATO em 20/09/2014 13:56:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions