A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

04/09/2014 19:40

Ato público em repúdio a lei não cumprida reúne 60 servidores

Priscilla Peres
Policiais fizeram bolo, faixas e panfletos sobre o ato público.  (Foto:  Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Policiais fizeram bolo, faixas e panfletos sobre o ato público. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Durante a tarde de hoje, cerca de 60 servidores da PRF (Polícia Rodoviária Federal), PF (Polícia Federal) e da Receita Federal de Corumbá - distante 419 km de Campo Grande, participaram de um ato público em repúdio a não regulamentação da Lei nº 12.555 de setembro de 2013, que institui a indenização devida para funcionários de cargos efetivos.

Veja Mais
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários

O ato foi realizado de manhã em Ponta Porã e Dourados e a tarde no posto policial da fronteira do Brasil com a Bolívia. Os servidores reivindicam o pagamento da indenização devida, que seria de R$ 91 por dia de efetivo trabalho nas delegacias e postos do Departamento de Polícia Federal e do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

"Hoje fazem 366 dias de espera, ou seja a um ano e um dia que estamos esperando o Governo Federal regulamentar a lei que já foi aprovada. Fizemos esse ato hoje para levar isso ao conhecimento das pessoas", diz Jorge Caldas, presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Mato Grosso do Sul.

Durante todo o dia os funcionários que estavam em serviço mantiveram a fiscalização, enquanto os demais fizeram panfletagem. Assim como de manhã, em Corumbá foi feito um bolo para lembrar o aniversário da lei, "parabenizando" a presidente Dilma Rousseff pela não aprovação da lei.

De acordo Sinpef (Sindicato dos Policiais Federais de Mato Grosso do Sul), a falta da Indenização de Fronteira causa prejuízo para toda a sociedade, porque sem estímulo o servidor de fronteira resolve deixar o local, depois de alguns anos.

Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...
Homem tem carro roubado por assaltantes armados na MS- 289
Assaltantes armados renderam o condutor de um veículo modelo Vectra e roubaram o carro por volta das 23h desta sexta-feira (9) na MS-289, em Amambai ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions