A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

07/10/2015 11:49

Avião com três tripulantes caiu a 1 km da cabeceira da pista, diz FAB

Viviane Oliveira
Momento em que as vítima foram socorridas. (Foto: PC de Souza)Momento em que as vítima foram socorridas. (Foto: PC de Souza)

A aeronave Neiva EMB-721C (Sertanejo) com três tripulantes caiu logo após a decolagem, a aproximadamente 1 km da cabeceira da pista, de acordo com a assessoria de comunicação social da FAB (Força Aérea Brasileira). O acidente ocorreu por volta das 9h de ontem (6), na Fazenda Guanabara, região do Pantanal, a 120 quilômetros de Coxim.

Uma das vítimas do acidente, o padre Ernesto Pradebon, 80 anos, chegou a ser socorrido, mas sofreu parada cardiorrespiratória e morreu. O sobrinho dele, Luiz Eduardo Pradebon, 46, foi levado ao hospital de Coxim e liberado no mesmo dia. O piloto José de Arimatéia, 63, foi encaminhado à Santa Casa de Campo Grande, onde recebeu alta no final da tarde de ontem.

O corpo do padre foi liberado por volta da 3h de hoje e levado à cidade de Santa Maria (RS) para ser velado na Paróquia Nossa Senhora da Glória. O líder religioso estava em Mato Grosso do Sul há uma semana e pescava com a família. Conforme informações do padre Chico Figueiró, o sepultamento será em Vale Vêneto (RS) na tarde de hoje, no Cemitério dos Padres e Irmãos Palotinos.

Padre será sepultado nesta tarde. (Foto: Paróqui de Camobi / Reprodução)Padre será sepultado nesta tarde. (Foto: Paróqui de Camobi / Reprodução)

Investigação - As investigações serão realizadas pelo Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aéreos) e Polícia Civil de Coxim. Conforme a FAB, uma equipe do Seripa já foi encaminhada a região para apurar as causas do acidente. As investigações realizadas pela comissão tem como objetivo a prevenção de acidentes aeronáuticos.

A Polícia Civil aguarda um engenheiro da aeronáutica para fazer a perícia no local do acidente, área de difícil acesso. Conforme a delegada Sílvia Elaine Girardi dos Santos, os dois ocupantes da aeronave e testemunhas devem ser ouvidos a partir de amanhã.

Segundo ela, foi instaurado inquérito policial que tem 30 dias para ser concluído, mas pode ser prorrogado. O caso foi registrado como morte a esclarecer e com as investigações, a polícia vai identificar as causas do acidente, se houve crime ou foi acidente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions