A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

07/10/2015 11:49

Avião com três tripulantes caiu a 1 km da cabeceira da pista, diz FAB

Viviane Oliveira
Momento em que as vítima foram socorridas. (Foto: PC de Souza)Momento em que as vítima foram socorridas. (Foto: PC de Souza)

A aeronave Neiva EMB-721C (Sertanejo) com três tripulantes caiu logo após a decolagem, a aproximadamente 1 km da cabeceira da pista, de acordo com a assessoria de comunicação social da FAB (Força Aérea Brasileira). O acidente ocorreu por volta das 9h de ontem (6), na Fazenda Guanabara, região do Pantanal, a 120 quilômetros de Coxim.

Veja Mais
Padre morto após queda de aeronave será velado no Rio Grande do Sul
Padre de 80 anos ferido em queda de aeronave morre no hospital

Uma das vítimas do acidente, o padre Ernesto Pradebon, 80 anos, chegou a ser socorrido, mas sofreu parada cardiorrespiratória e morreu. O sobrinho dele, Luiz Eduardo Pradebon, 46, foi levado ao hospital de Coxim e liberado no mesmo dia. O piloto José de Arimatéia, 63, foi encaminhado à Santa Casa de Campo Grande, onde recebeu alta no final da tarde de ontem.

O corpo do padre foi liberado por volta da 3h de hoje e levado à cidade de Santa Maria (RS) para ser velado na Paróquia Nossa Senhora da Glória. O líder religioso estava em Mato Grosso do Sul há uma semana e pescava com a família. Conforme informações do padre Chico Figueiró, o sepultamento será em Vale Vêneto (RS) na tarde de hoje, no Cemitério dos Padres e Irmãos Palotinos.

Padre será sepultado nesta tarde. (Foto: Paróqui de Camobi / Reprodução)Padre será sepultado nesta tarde. (Foto: Paróqui de Camobi / Reprodução)

Investigação - As investigações serão realizadas pelo Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aéreos) e Polícia Civil de Coxim. Conforme a FAB, uma equipe do Seripa já foi encaminhada a região para apurar as causas do acidente. As investigações realizadas pela comissão tem como objetivo a prevenção de acidentes aeronáuticos.

A Polícia Civil aguarda um engenheiro da aeronáutica para fazer a perícia no local do acidente, área de difícil acesso. Conforme a delegada Sílvia Elaine Girardi dos Santos, os dois ocupantes da aeronave e testemunhas devem ser ouvidos a partir de amanhã.

Segundo ela, foi instaurado inquérito policial que tem 30 dias para ser concluído, mas pode ser prorrogado. O caso foi registrado como morte a esclarecer e com as investigações, a polícia vai identificar as causas do acidente, se houve crime ou foi acidente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions