A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

08/06/2015 13:01

Baleado em briga por dívida de R$ 20 em jogo, homem morre no hospital

Caroline Maldonado
Luiz Rodrigo (camiseta azul), morreu e Alexsandro da Mota (de camisa verde) continua internado (Foto: Diário Corumbaense)Luiz Rodrigo (camiseta azul), morreu e Alexsandro da Mota (de camisa verde) continua internado (Foto: Diário Corumbaense)

Morreu no hospital um dos dois homens baleados nesta madrugada, durante briga em um bar, em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. Com um tiro na cabeça, Luiz Rodrigo de Souza Carvalho, 30 anos, morreu pouco antes das 9h. Alexsandro da Mota Ribeiro, 31 anos, também foi baleado na cabeça, está em estado grave e aguarda transferência para Campo Grande.

Veja Mais
Dois homens são baleados na cabeça durante briga em bar
Sete pessoas morreram em quatro acidentes ontem em rodovias de MS

Um amigo das vítimas contou ao jornal Diário Corumbaense que um dos homens que jogava baralho no bar se irritou ao perder no jogo e ficar devendo R$ 20. Quando perdeu novamente, o acusado começou a briga, sacou a arma e deu dois tiros, conforme Gladstone Ortiz, 27 anos, que estava no local, mas não sabe dizer o nome do atirador.

“Foram tiros bem de perto e ninguém esperava por isso, pois não sabíamos que ele estava armado. Foi algo chocante e eles estavam aparentemente embriagados”, lembrou.

Conforme Gladstone, o amigo Luiz Rodrigo era uma pessoa tranquila que não se envolvia em confusão. “Ele deixou uma filha pequena, que era apegada a ele e agora as coisas ficam assim por causa de R$ 20. É a algo que não podemos aceitar”, desabafou.

Suspeitos - Para a polícia, os suspeitos são irmãos da proprietária do bar, que fugiram na motocicleta dela. O delegado Sam Ricardo Suzumura informou ao jornal da cidade que um deles, Luiz Gustavo da Silva, 23 anos, já se apresentou, foi ouvido e liberado.

“Ele [Luiz] afirmou que quem fez os disparos foi o João. Também ouvimos uma testemunha, mas ela não soube dizer qual dos dois atirou. Continuamos com as investigações e buscando localizar o outro acusado”, disse o delegado, referindo-se ao outro suspeito, João Pedro Suarez Arguelho, 20 anos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions