A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

21/11/2012 14:30

Banco abre conta com documentos falsos e é condenado a pagar R$ 15 mil

Viviane Oliveira e Nadyenka Castro

A Justiça mandou o Banco do Brasil pagar R$ 15 mil em indenização por ter aberto conta com documentos falsificados. A determinação é do juiz Marco Antonio Montagnana Morais, da comarca de Terenos, município que fica a 25 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
STF investiga contas de Geraldo e quer depoimento até de ex-prefeito morto
Menino de 10 anos é dopado e abusado por adolescente de 16 anos

A decisão atende ao pedido de um homem que teve documentos pessoais falsificados por estelionatários, que utilizaram os papéis para abrir conta no Banco do Brasil, com emissão de talão de cheques.

Conforme sentença publicada no diário da justiça desta terça-feira, o juiz disse que o Banco foi negligente na prestação de seus serviços ao deixar de tomar os cuidados necessários para evitar danos aos consumidores.

Ainda de acordo com o juiz, por causa da imperícia do Banco, o cliente teve seus dados indevidamente lançados nos órgão de proteção ao crédito, como Serasa e SPC.

“Anexado aos autos, concluo que o cliente teve sua imagem e moral abalada”, finaliza o juiz. O Banco foi condenado a pagar R$ 15 mil. O Banco do Brasil pode recorrer da sentença.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions