A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

21/01/2015 08:56

Bandidos invadem casa, rendem famílias e matam comerciante a tiros

Viviane Oliveira
Comerciante foi atingido com um tiro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. (Foto: Maikon Leal)Comerciante foi atingido com um tiro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. (Foto: Maikon Leal)
Marca de tiro ficou na geladeira da casa da vítima. (Foto: Foto: PC de Souza)Marca de tiro ficou na geladeira da casa da vítima. (Foto: Foto: PC de Souza)

O comerciante Leandro Parreiras de Souza, 30 anos, morreu no Hospital Regional de Coxim, por volta de 23h28, de ontem (2o) após ser atingido por um tiro na cabeça, durante roubo em sua residência, na Rua Nova Canaã, no Jardim Vista Alegre, em Coxim, distante 260 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

De acordo com Coxim Agora, Leandro havia acabado de jantar e estava com a esposa Rafaela, dois casais de amigos, um adolescente de 16 anos e um menino de 8 anos, quando três homens armados entraram na casa pelo portão da frente que estava aberto e anunciaram o assalto.

O trio chegou pedindo dinheiro e joias e, em seguida, ordenou que todas as vítimas deitassem no chão e não olhassem para eles, caso contrário iriam atirar. Depois de roubar um relógio, anel, corrente de ouro, aliança e porta aliança das vítimas, um dos autores solicitou que fechassem o portão eletrônico.

Quando já estavam saindo, Leandro teria resistido ao assalto utilizando uma cadeira de plástico, momento em que um dos bandidos atirou três vezes, um dos disparos acabou acertando a cabeça da vítima que chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Regional Dr. Álvaro Fontoura Silva, onde morreu.

Após os disparos, os ladrões fugiram em veículo Volkswagen Gol de cor branca. Um policial civil que mora próximo a residência onde tudo aconteceu, ainda tentou impedir a fuga, mas não teve como perseguir o veículo. Os vizinhos ouviram os gritos da esposa da vítima e foram até a residência auxiliar no resgate de Leandro.

A vítima tinha uma banca na Feira do Produtor da cidade, onde comercializava eletroeletrônicos, acessórios e diversos objetos.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions