A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

24/09/2014 19:13

Barco-hotel que virou com 27 a bordo era de colônia no Paraguai

Marta Ferreira e Priscila Peres
O barco de turismo de pesca que naufragou no Rio Paraguai, nesta quarta-feira, em foto de divulgação. (Foto: Reprodução Facebook)O barco de turismo de pesca que naufragou no Rio Paraguai, nesta quarta-feira, em foto de divulgação. (Foto: Reprodução Facebook)

O barco-hotel que virou nesta tarde no Rio Paraguai, em Porto Murtinho, a 431 quilômetros de Campo Grande, é de bandeira paraguaia. O proprietário da embarcação Sueño do Pantanal (Sonho do Pantanal em português, Luiz Penayo, segundo as informações já apuradas pela reportagem estava na embarcação, que é voltada ao turismo de pesca.

Veja Mais
Tornado destrói cidade e causa naufrágio de barco com 27 a bordo
Barco-hotel afunda no Rio Paraguai e 22 pessoas estão desaparecidas

O barco, da colônia Carmello Peralta, no Paraguai, estava com 27 pessoas a bordo, 16 deles turistas que iriam desembarcar em Porto Murtinho. O naufrágio foi provocado por um tornado que atingiu a cidade, com ventos acima de 90 quilômetros horários, provocando destruição. Àrvores caíram e imóveis foram destelhados.

O prefeito Heitor Miranda, que havia chegado em Campo Grande há meia hora quando soube do acidente, está voltando para para a cidade. Ele informou que vai decretar estado de calamidade.


Por enquanto, um corpo foi resgatado, e seria do dono do barco. Outras quatro pessoas foram resgatadas e 22 estão desaparecidas. Equipes dos bombeiros, da Marinha e da Prefeitura estão mobilizadas. Uma reunião na sede da Prefeitura define os próximos procedimentos a serem adotados.

Os trabalhos para contar os estragos devem durar a noite toda. A procura pelos desaparecidos será suspensa agora à noite retomada amanhã cedo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions