A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

02/01/2014 20:11

Batida entre Gol e Etios mata família de jovens e casal de SP na BR-060

Vinícius Squinelo
Carros ficaram destruídos com a batida (foto: reprodução facebook)Carros ficaram destruídos com a batida (foto: reprodução facebook)

A batida entre dois veículos, que resultou na morte de sete pessoas na BR-060, foi frontal. Porém, ainda não teve as causas identificadas, segundo informações da Polícia Civil de Jardim, 233 quilômetros da Capital. Dentro de um dos carros, estava uma família inteira.

Veja Mais
Colisão de Gol com Etios na BR-060 mata sete, incluindo duas crianças
Veículo colide em capivara, sai da pista e pega fogo nas margens da MS-157

No VW Gol, com placas de Sidrolândia, estavam o condutor Jerônimo Grance, 27 anos, acompanhado de Marinês Torres Fernandes, 20, Carmina Ramona Torres Fernandes, 29, e as crianças Laura Carolynne Torres Silveira, 2, e David Gilberto Torres Silveira, 1 ano e três meses.

A identificação dos mortos foi divulgada pela Polícia Civil de Jardim no início da noite desta quinta-feira (2), poucas horas após a batida. Já no Toyota Etios, placas de São Paulo, estava o casal José Roberto Jaques Pires, 45, e Maria Elisa Barbosa de Almeida, 40.

As vítimas foram levadas para o IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal) de Jardim. Os corpos devem ser liberados para as famílias entre esta noite e amanhã, já que só há médico plantonista em Porto Murtinho.

Os passageiros do Gol morreram na hora. Já o casal que estava no Etios chegou a receber os primeiros socorros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dentro da viatura do Corpo de Bombeiros.

A Polícia Rodoviária Federal interditou parte da pista, na altura do Km 625, próximo ao distrito de Boqueirão e a perícia da Polícia Civil está no local.




Se na cidade, onde placas de sinalização indicam 50 km/h, os motoristas transitam a 100, 120 km/h, nas rodovias, esses "super pilotos e seus bólidos imbatíveis" devem andar prá lá de 160, 180 ou até 200 km/h. Só pode ocorrer tragédias e mais tragédias, para sorte das funerárias, proprietários de ferro-vellhos, floriculturas, etc. Ou seja: No fim, desde a compra até a destruição do carro, tudo é COMÉRCIO, inclusive a NOTÍCIA!
 
carlos marelli em 03/01/2014 19:33:20
Alexandre eu concordo totalmente com o seu comentário.
Estamos muito tristes!
 
Maria Helena Pellegrini e Sergio Barbosa de Almeida em 03/01/2014 18:29:48
Eu quase presenciei este acidente.Passei pelo caminho menos de 1h após a colisão,voltando do Paraguai.Vi os destroços dos carros,o sangue..uma cena lamentável.Os corpos tinham acabado de sair.
 
Nelson de Matos Junior em 03/01/2014 17:24:51
Acidentes vão sempre acontecer, motivado pela imprudência, carros com problemas, estradas, etc e tal. Fica a recomendação não aumente esta estatística com a pressa, velocidade em chegar, ultrapassagem indevida etc e tal, principalmente quando vc, não estiver sozinho e também com o seu semelhante que tem uma família igual a sua. Ok fica com Deus.
 
Pedro Sebastião Nantes dos Santos em 03/01/2014 13:41:53
A todos os familiares, amigos expresso meus sentimentos de forma humilde e que tenham força, não é um momento fácil todos nós sabemos, mas agora é o momento de nos aproximarmos mais ainda de Deus,
Que renasça em nossos corações a esperança, o amor e a VIDA.
 
Jorge Tebicherane em 03/01/2014 12:58:12
Imprudência de motoristas. O povo e a velha mania de transferir responsabilidade para os outros.
 
Arildo Pinho em 03/01/2014 12:13:16
NÃO ADIANTA DUPLICAR ESTRADAS, SE NOSSOS CONDUTORES NÃO TEM RESPEITO, PRUDÊNCIA, RESPONSABILIDADE... E ENTÃO ENTRA A PARTE DO GOVERNO QUE NÃO FREIA A INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA PARA QUE NÃO FABRIQUEM VEÍCULOS COM POTÊNCIA PARA RODAR A MAIS QUE 120KM/H POIS ESSE É O LIMITE... E OUTRO PONTO, QUER GERAR IMPOSTOS? AUMENTE O VALOR DELES NOS CIGARROS, CACHAÇA, CERVEJA POIS ESSA É A DROGA QUE É LIBERADA E QUE MAIS MATA PESSOAS INOCENTES NO MUNDO... ACHO QUE FALTA ISSO E O PRINCIPAL É CLARO VEM DE BERÇO...EDUCAÇÃO!!!!
 
wilson braga em 03/01/2014 10:31:04
VERGONHAAAAAAAAAAAAA... PAGAMOS TANTOS IMPOSTOS PRA MORRERMOS EM NOSSAS ESTRADAS...ISSO É BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
O POVO TEM QUE FAZER ALGUMA COISA E ISSO ACONTECE NAS URNAS!!!!!!
 
ARLETE LIMA em 03/01/2014 09:59:50
Pode até ter falha do governo federal, mas temos que ver também os motoristas que se acham pilotos de fórmula 1, e que estão em uma pista de corrida. Não passa pela cabeça que ali dentro do carro estão crianças. São responsáveis sim, pela intransigência, aproveitar do bom estado do asfalto e pensar que dá tempo de ultrapassagem!
 
Livia Lima Lino em 03/01/2014 09:33:34
Vergonha não é de ser BRASILEIRO e sim de ter brasileiros sem vergonha !!!
 
Saulo Murilo em 03/01/2014 09:00:16
DUPLICAÇÕES IMEDIATAMENTE
 
Romeu Luitz em 03/01/2014 08:40:11
que barbaridade que DEUS conforte os coraçoes dessas familia
 
marcos c de lima em 03/01/2014 08:05:18
Estes tipos de acidentes só acabarão quando o governo usar o dinheiro arrecado com impostos sobre veículos(ipi, cofins, ipva, licenciamento, etc... ) for investido onde deverião(estradas), com o duplicamento das mesmas(mão única indo e vindo). No EUA foi reduzido o número de vítimas fatais nas estradas em 70% depois dos duplicamentos. Aqui além de se cobrar um imposto caro para andar de carro ainda se cobra pedágios nas estradas privatizadas(ao menos poderíamos guardar os bilhetes dos mesmos e descontar do IPVA e Licenciamento ou reduzir os impostos). Vergonha um país de que arrecada mais que mais desenvolvido do mundo e se vive como terceiro mundo! TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRO!!!!!
 
Alexandre de Souza em 02/01/2014 21:06:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions