A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

29/09/2011 07:19

Bombeiro embriagado provoca acidente e foge sem prestar socorro

Francisco Júnior

Acidente aconteceu na noite de ontem. Vítima sofreu escoriações pelo corpo e sua moto ficou danificada

O cabo do Corpo do Corpo de Bombeiros Cosme Antonio de Oliveira, de 50 anos, é acusado de provocar um acidente e não prestar socorro à vítima. O fato aconteceu por volta das 22 horas de ontem, em Três Lagoas.

De acordo com o boletim de ocorrência, Tainara Barboza dos Santos, 21 anos, relatou à polícia que pilotava uma motocicleta Honda Biz pela avenida Ponta Porã, no sentido Parque Industrial em direção ao Bairro Vila Alegre, quando próximo ao cruzamento com a rua Netuno, diminuiu a velocidade para realizar uma conversão à esquerda, momento que um veículo Gol de cor branca, que seguia no mesmo sentido, colidiu na traseira da moto.

De acordo com ela, após o impacto, o condutor fugiu sem prestar socorro e deixando no local o para-choque dianteiro do veículo com a placa.

Em ronda pela cidade, policiais que atenderam a ocorrência encontraram o veículo no pátio do Posto São Luiz. Ao ser abordado o condutor, ele se identificou como sendo cabo do Corpo de Bombeiros. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro.

No boletim, os PMs relataram que o bombeiro visíveis sinais de embriaguez.

Na delegacia, a vítima relatou que com a colisão sofreu escoriações pelo corpo e sua ficou danificada.

Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



Não sou bombeiro militar, mas agradeço o comentário sensato feito pelo internauta Jose Corsine. Com certeza, se o Estado soubesse cuidar "de seus filhos", muitos dos problemas envolvendo PMs, ex-PMs, bombeiros militares e ex-bombeiros militares não aconteceriam. "Agora é fácil de resolver isso: É só chegar o RD no cabra. Mas essa solução isoladamente não é a mais correta.
 
Fernando Silva em 29/09/2011 11:21:52
Os bombeiros são humanos, em sendo assim, passivel de cometer erros, porém é de suma importância que a corporação realize junto a esse funcionário uma avaliação de seu comportamento, para que ele possa continuar sendo um funcionário que ajuda a salvar vidas. A príncipio tanto o cabo quanto a corporação deve pedir desculpas a cidadã e prestar os devidos atendimentos, principalmente pagar as despas
 
Silva Souza em 29/09/2011 10:12:48
Olha, é uma pena ter pessoas como essa numa coorporação tão respeitada como a dos bombeiros. Acho que ele está precisando de uma orientação psicológica, teve estar com algum problema, pois bombeiros são pessoas teinadas para salvar vidas e não para seifalas. É uma pena mesmo.
 
jose corsine em 29/09/2011 08:09:33
é uma pena ter acontecido isso com esse militar que sempre foi um exemplo para Tres Lagoas. O Cosmim pode estar com dificuldades depois que foi pra reserva, foi uma fatalidade, força pra vítima e pra vc Cosmim.
 
Gustavo Nicolau em 29/09/2011 02:23:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions