A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

26/07/2012 21:57

Busca por combustível traz cenário de filas de carros nos postos de Corumbá

Nyelder Rodrigues
Filas de carros se tornaram rotina nos postos de gasolina de várias bandeiras em Corumbá (Foto: Diárionline)Filas de carros se tornaram rotina nos postos de gasolina de várias bandeiras em Corumbá (Foto: Diárionline)

O desabastecimento de combustíveis continua afetando todo o Mato Grosso do Sul, e uma das cidades mais afetadas é Corumbá, localizada a 419 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba

As filas a espera dos caminhões com combustíveis nos postos de combustíveis já viraram cena recorrente. Na quarta-feira (25), os estoques de gasolina e etanol da cidade acabaram nos principais postos.

De acordo com o site Diárionline, em um dos postos que opera sob a bandeira BR, distribuidora da Petrobrás, o carregamento de 10 mil litros de gasolina que chegou foi consumido em apenas quatro horas.

O gerente do estabelecimento, Valdomiro Santos, contou que as filas começaram a se formar no final da tarde de quarta a espera do carregamento, mas o caminhão com o combustível chegou após às 20h. Conforme o Diárionline, a meia-noite o estoque novamente acabou, e ainda havia vários veículos na fila, que chegou a aproximadamente duas quadras.

Já o estoque de etanol, alternativa para os proprietários de veículos flex, também foi vendido rapidamente. O volume de 14 mil litros, suficiente para dois dias, acabou em pouco tempo.

Em busca de abastecimento, Abimael Farias tentou ir a um posto no bairro Aeroporto, do qual o irmão havia dito que ainda tinha gasolina, mas o combustível acabou no meio do caminho e ele só conseguiu abastecer graças a ajuda do irmão, que estava na fila do posto desde esta manhã.

Ao Diárionline, Abimael contou que está desde segunda-feira (23) buscando um local para reabastecer. Segundo ele, as atividades que podem ser feitas sem carro estão sendo feitas a pé, sendo que o carro agora é usado apenas em casos de grande necessidade.

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



Esta na hora do ANP cobrar uma multa millionário do Petrobras. Assim como serviços de telefonia e energia o fornecimento é essencial e deixar faltar deve ser punido!
 
Marcos da Silva em 27/07/2012 09:08:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions