A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

28/09/2014 08:21

Buscas a três vítimas de naufrágio recomeçam, mas sem mergulhos

Priscilla Peres
Equipe da Marinha está percorrendo o rio Paraguai atrás do corpos. (Foto: Marcelo Calazans)Equipe da Marinha está percorrendo o rio Paraguai atrás do corpos. (Foto: Marcelo Calazans)
Rebocador paraguaio chegou ontem ao município para tentar retirar o barco da água. (Foto: Prefeitura de Porto Murtinho)Rebocador paraguaio chegou ontem ao município para tentar retirar o barco da água. (Foto: Prefeitura de Porto Murtinho)

A Marinha do Brasil e o Corpo de Bombeiros recomeçaram por volta das 5h30 de hoje as buscas aos desaparecidos após o naufrágio do barco-hotel Sueño do Pantanal no rio Paraguai, em Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande. Hoje, a estratégia de resgate mudou e os mergulhos foram suspensos.

Veja Mais
Mesmo com ordem de despejo, índios ampliam invasões em lotes urbanos
Cidade de MS teve 157 focos de queimadas em duas semanas do ano

De acordo com o Major Trindade do Corpo de Bombeiros, que está comandando a operação de resgate, ontem foi constatado que o barco-hotel estava mudando de posição e oferecendo risco aos mergulhadores. "Identificamos uma tendência de afundamento do barco e a mudança de possível, além disso parece que o barco está se desfazendo", explica.

Com os mergulhos suspensos, a estratégia é buscar pelos três corpos que ainda estão desaparecidos ao longo do rio Paraguai. "Estamos trabalhando com essa possibilidade de os corpos terem sido levados pela correnteza para mais longe e por isso aumentamos a extensão da busca", destaca Trindade.

Após vários pedidos dos sobreviventes ao naufrágio para retirar o barco da água e acabar com a agunia da espera pelos corpos, ontem chegou ao local do acidente um rebocador com um guincho, porém a embarcação pertence ao Paraguai e a operação de retirada será coordenada por eles. "A armada paraguaia está levantando a possibilidade de retirar o barco da água. Mas nós só estamos acompanhando para prestar apoio", diz o Comandante da Agência Fluvial de Porto Murtinho, Capitão Brandão.

Caso - O barco hotel Sueño del Pantanal, de bandeira paraguaia, naufragou na tarde de quarta-feira (24) após ser atingido por um tornado. O vento de quase 100km/h destelhou construções, derrubou árvores e postes, prejudicou a rede de energia e tombou o barco que estava no Rio Paraguai cerca de 50 metros de atracar na margem estrangeira. Até o momento 11 corpos já foram encontrados. Faltam três, sendo dois turistas e um tripulante.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions