A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

28/09/2014 08:21

Buscas a três vítimas de naufrágio recomeçam, mas sem mergulhos

Priscilla Peres
Equipe da Marinha está percorrendo o rio Paraguai atrás do corpos. (Foto: Marcelo Calazans)Equipe da Marinha está percorrendo o rio Paraguai atrás do corpos. (Foto: Marcelo Calazans)
Rebocador paraguaio chegou ontem ao município para tentar retirar o barco da água. (Foto: Prefeitura de Porto Murtinho)Rebocador paraguaio chegou ontem ao município para tentar retirar o barco da água. (Foto: Prefeitura de Porto Murtinho)

A Marinha do Brasil e o Corpo de Bombeiros recomeçaram por volta das 5h30 de hoje as buscas aos desaparecidos após o naufrágio do barco-hotel Sueño do Pantanal no rio Paraguai, em Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande. Hoje, a estratégia de resgate mudou e os mergulhos foram suspensos.

Veja Mais
Estado de saúde de menino abusado por adolescentes é considerado grave
Usina de energia deve gerar R$ 65 milhões de receita ao ano para o município

De acordo com o Major Trindade do Corpo de Bombeiros, que está comandando a operação de resgate, ontem foi constatado que o barco-hotel estava mudando de posição e oferecendo risco aos mergulhadores. "Identificamos uma tendência de afundamento do barco e a mudança de possível, além disso parece que o barco está se desfazendo", explica.

Com os mergulhos suspensos, a estratégia é buscar pelos três corpos que ainda estão desaparecidos ao longo do rio Paraguai. "Estamos trabalhando com essa possibilidade de os corpos terem sido levados pela correnteza para mais longe e por isso aumentamos a extensão da busca", destaca Trindade.

Após vários pedidos dos sobreviventes ao naufrágio para retirar o barco da água e acabar com a agunia da espera pelos corpos, ontem chegou ao local do acidente um rebocador com um guincho, porém a embarcação pertence ao Paraguai e a operação de retirada será coordenada por eles. "A armada paraguaia está levantando a possibilidade de retirar o barco da água. Mas nós só estamos acompanhando para prestar apoio", diz o Comandante da Agência Fluvial de Porto Murtinho, Capitão Brandão.

Caso - O barco hotel Sueño del Pantanal, de bandeira paraguaia, naufragou na tarde de quarta-feira (24) após ser atingido por um tornado. O vento de quase 100km/h destelhou construções, derrubou árvores e postes, prejudicou a rede de energia e tombou o barco que estava no Rio Paraguai cerca de 50 metros de atracar na margem estrangeira. Até o momento 11 corpos já foram encontrados. Faltam três, sendo dois turistas e um tripulante.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions