A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

30/01/2014 16:36

Cabeleireira é presa por receptação de joias; acusada tinha R$ 4,4 mil e pistola

Bruno Chaves
Joias foram roubadas no dia 4 de janeiro deste ano (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Joias foram roubadas no dia 4 de janeiro deste ano (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Acusada de ser a receptadora de joias roubadas no último dia 4, em Dourados, a cabeleireira Margarida Cramoliski de Oliveira, 50 anos, foi presa nessa quinta-feira (30) por policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira). Além dos acessórios, Margarida tinha R$ 4,4 mil e uma pistola de uso restrito.

Veja Mais
STF investiga contas de Geraldo e quer depoimento até de ex-prefeito morto
Menino de 10 anos é dopado e abusado por adolescente de 16 anos

De acordo com o site Dourados News, a acusada foi presa por meio de cumprimento de mandado de busca e apreensão. Ela foi encontrada na Rua Uirapuru, no bairro BNH 4º Plano.

Na casa tinham vários anéis, brincos, correntes, pulseiras e relógios. Além dos acessórios, a mulher tinha R$ 4,4 mil e uma pistola calibre 9mm com dois carregadores com 26 munições intactas. Ela tinha até uma pistola de brinquedo.

Margarida foi presa após denúncias. Ela nega qualquer informação. Em depoimento, a acusada disse que uma cliente passou no salão de beleza e pediu para que ela guardasse o material.

Mesmo assim, a cabeleireira é suspeita de ter receptado o material porque ela é mãe de dois rapazes que possuem extensas fichas criminais. Um deles está preso na Phac (Penitenciária Harry Amorim Costa) e o outro foragido do regime semiaberto.

A cabeleireira foi autuada em flagrante por receptação e por posse de arma de uso restrito.




NOSSA QUE FAMILIA EXEMPLAR!!!!!!!!!!!
só saiu coisa boa dessa fêmea!!
 
idevaldo de jesus em 30/01/2014 18:01:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions