A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/02/2014 09:14

Cabeleireiro foi morto por causa de dívida de R$ 500 em Dourados

Francisco Júnior

O cabeleireiro Augusto Siqueira da Silva foi morto por conta de uma dívida de R$ 500. O suspeito de cometer o crime foi preso e confessou o motivo do assassinato, ocorrido no dia 15 janeiro em Dourados.

Veja Mais
Fiems pede que governo mantenha contratos de incentivos fiscais
Reinaldo chega a Dourados para lançamento e entregas de obras

De acordo com o site Dourados Agora, Cid J., de 22 anos, disse que foi ao salão de beleza localizado no Jardim Flórida, para cobrar o valor. Segundo ele contou para a polícia, o cabeleireiro teria dito que aquele dia não tinha como pagar.

Conforme a polícia, Cid atirou com um revólver Magnun 357. A vítima foi atingida com quatro tiros, um na boca, dois na cintura e um no peito. Morreu na hora.

O corpo da vítima foi encontrado por um colega que estava em um cômodo nos fundos do salão. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ainda foi acionado, mas a vítima já estava morta. Cid está preso em Dourados.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions