A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

22/09/2015 14:05

Calorão eleva consumo de água em 40% e cidade tem desabastecimento

Sanesul registrou baixa nos reservatórios e desde o fim de semana faltou água em vários bairros da parte mais alta de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Sanesul aponta gasto excessivo de água por conta do calor como causa do desabastecimento (Foto: Eliel Oliveira)Sanesul aponta gasto excessivo de água por conta do calor como causa do desabastecimento (Foto: Eliel Oliveira)

Vários bairros de Dourados, principalmente da parte mais alta da cidade, enfrentam falta de água desde sábado (19). De acordo com a Sanesul, o desabastecimento ocorre devido ao aumento do consumo na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, distante 233 km de Campo Grande.

Veja Mais
Justiça determina que Sanesul repare danos em erosão causada por vazamento
Chuva alaga ruas em Paranaíba e deixa até camionete submersa em Chapadão

Por causa do forte calor dos últimos dias, com temperatura chegando aos 40 graus, o consumo de água aumentou pelo menos 40% em Dourados. A Sanesul garante que a produção continua normal e que teve aumento, mas o consumo exagerado superou a capacidade dos reservatórios.

Torneiras secas – O gerente regional da Sanesul, Paulo César Marques Torraca, disse ao Campo Grande News que o abastecimento começou a ser normalizado na madrugada desta terça-feira (22), devido a manobras feitas pelos técnicos da empresa de saneamento. Entretanto, em algumas regiões do Jardim Água Boa as torneiras permaneciam secas até às 13h30.

“O consumo aumentou demais no fim de semana, mas hoje já regularizamos o abastecimento. Temos uma produção diária de em torno de 55 milhões de litros e um consumo médio diário de 51 milhões no calor. No final do dia temos uma sobra de quatro milhões de litros. Com o consumo elevado, essa sobra foi utilizada”, explicou Torraca.

Segundo ele, a falta de água ocorreu mesmo com o aumento da produção. “Aumentamos ao máximo que conseguimos chegar, em torno de 60 milhões de litros, mesmo assim não conseguimos abastecer todo mundo. Hoje os reservatórios ainda não estão cheios, mas já em condições de garantir que a água chegue a todas as residências”.

É preciso economizar – O gerente da Sanesul pediu para a população economizar água, mesmo com o forte calor, que nesta terça-feira já era de 34 graus às 9h. A maior temperatura registrada ontem, segundo a estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, foi de 37,9 graus às 13h31. A umidade do ar chegou a 14% ontem na cidade.

“Com o calor muito forte as pessoas tendem a usar mais água, mas pedimos para economizar o máximo possível”, pediu Torraca.

Segundo Paulo Torraca, Dourados tem 61 mil residências atendidas pela rede de abastecimento da Sanesul. Para abastecer esses domicílios, a estatal utiliza 52% do volume de água do Rio Dourados e 48% de 12 poços artesianos.

Até a segunda quinzena de outubro, a Sanesul deve colocar em operação mais um poço artesiano. Com isso, 42% da água consumida em Dourados será do rio e 58% dos poços.

Termômetro registrava 34 graus às 9h desta terça-feira, mas temperatura chegou aos 40ºC ontem (Foto: Eliel Oliveira)Termômetro registrava 34 graus às 9h desta terça-feira, mas temperatura chegou aos 40ºC ontem (Foto: Eliel Oliveira)
Base dos Bombeiros com 8 militares deve ser implantada até o meio do ano
Rio Brilhante - cidade localizada a 163 km de Campo Grande - deve ganhar em breve uma base do Corpo de Bombeiros. Foi publicado no DOE-MS (Diário Ofi...
Investimento em recuperação de rodovias no MS será de R$ 185,9 milhões
O Governo do Estado deve investir R$ 185,9 milhões para recuperar trechos das rodovias MS-156, MS-379 e MS-470, que ficam em maior parte na região de...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions