A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

27/11/2016 21:18

Campo-grandense é multado em R$ 43 mil por exploração de madeira

Guilherme Henri
Madeira apreendida em propriedade rural (Foto: Divulgação/ PMA)Madeira apreendida em propriedade rural (Foto: Divulgação/ PMA)

Pecuarista campo-grandense de 39 anos foi multado em R$ 43 mil por desmatamento, exploração e armazenamento de madeira protegida por lei e de outras espécies ilegalmente. O flagrante foi feito na sexta-feira (23) pela PMA (Polícia Militar Ambiental), em uma propriedade rural localizada em Aquidauana – a 135 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Estado de saúde de menino abusado por adolescentes é considerado grave
Usina de energia deve gerar R$ 65 milhões de receita ao ano para o município

O infrator havia desmatado uma área de vegetação, que medida em GPS constou 40 hectares e derrubado 52 árvores da espécie aroeira, sem autorização ambiental. Também foram derrubadas diversas árvores das espécies, Ipê, Angico e outras. A madeira derrubada no desmatamento foi transformada em estacas e palanques para cerca que estavam armazenadas no pátio da sede da fazenda.

Foram apreendidas 510 estacas, 52 palanques de aroeira e 679 estacas de madeira de ipê e outras espécies. As atividades foram paralisadas. O capataz da fazenda acompanhou a vistoria, pois o fazendeiro não estava no local.

O pecuarista, de 39 anos foi autuado administrativamente e multado em R$ 43.910. Ele também responderá por crimes ambientais de desmatamento, exploração e armazenamento ilegal de madeira, com pena de até dois anos de reclusão.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions