A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/09/2014 14:21

Casa de mulher cega é destelhada enquanto famíliares assistiam televisão

Luciana Brazil e Priscilla Peres, enviada especial a Porto Murtinho
O morador Nelson Figueiredo na casa que foi destelhada pelo vendaval em Porto Murtinho. (Foto: Marcelo Calazans) O morador Nelson Figueiredo na casa que foi destelhada pelo vendaval em Porto Murtinho. (Foto: Marcelo Calazans)

Entre as 20 casas destelhadas pelo tornado que atingiu Porto Murtinho, a 431 quilômetros de Campo Grande, na tarde de ontem (24), está a residência do casal Maria Figueiredo, 61 anos, que é cega há 14 anos, e Nelson Figueiredo, 64. Na casa, os estragos foram grandes na parte da frente, onde são vendidos móveis usados. Lá, o vento destelhou tudo. O casal acredita que o prejuízo seja de R$ 11 mil.

Veja Mais
Passageiros se afogaram após ficar presos em cômodos, crê delegado
Marinha confirma um morto e 13 desaparecidos em naufrágio no Rio Paraguai

Maria é cega há 14 anos, por causa de um glaucoma. No momento do tornado, ela, o marido e quatro netos assistiam televisão na sala. Sem enxergar, Maria lembra que o susto foi grande porque não sabia o que estava acontecendo.

“Só senti que estava acontecendo alguma muito estranha, mas não entendi direito o que era. Só depois percebi”, conta.
Para a equipe do Campo Grande News, Nelson mostra os estragos, onde tudo ficou a céu aberto.

Devido aos estragos, o prefeito Heitor Miranda (PT) já se reuniu com secretários para definir as ações de reparos.

Na cidade, a limpeza continua sendo feita, mas apesar de tudo, o expediente continua normal.

O prefeito informou ontem que decretaria estado de calamidade e hoje disse que estuda a decretação de estado de emergência, para conseguir recursos com o intuito de recuperar os estragos na cidade.  Porto Murtinho tem 14 mil habitantes. 

Telhado da casa foi levado pelo vento, que atingiu mais de 90 km ontem. (Foto: Marcelo Calazans)Telhado da casa foi levado pelo vento, que atingiu mais de 90 km ontem. (Foto: Marcelo Calazans)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions