A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

27/07/2011 15:23

Casal briga por causa de herança e abandona cinco crianças em Jardim

Viviane Oliveira

Eles pagaram fiança e já foram liberados

Um casal foi preso na tarde de ontem (26) por abandonar cinco crianças na Vila Angélica, em Jardim, cidade distante 233 quilômetros de Campo Grande. Vitalino Ferreira Prates, 45 anos, e Lucimara Lima Ferreira, 39 anos, pagaram fiança e já foram liberados da delegacia. O valor da fiança não foi informado.

De acordo com o Presidente do Conselho Tutelar, Marcos Vinicius Duarte Ferreira, recebeu uma denúncia anônima de que cinco menores, três meninas, uma de 14, 13, e uma 7 anos, e dois meninos, um de 11 anos e outro de 9 anos estavam abandonados há aproximadamente 20 dias.

Segundo Marcos, os pais costumam deixar os filhos sob a responsabilidade da adolescente de 14 anos, e que essa não é a primeira reclamação que o Conselho Tutelar recebeu. “A direção da escola Estadual Coronel Rufino onde as crianças estudam, já reclamou sobre a higiene dos adolescentes”, disse Marcos.

Para o conselheiro, Lucimara disse que o seu ex-companheiro não deixa que ela more com os filhos, porque a casa é de herança dele. Lucimara estava morando em um bar, onde trabalha e contou que não podia levar seus filhos, pois mora de favor. Já o pai Vitalino, estava em uma fazenda e só retornaria para casa no sábado.

Após fiança, a mãe voltou para a casa e está morando com as crianças. O caso será encaminhado para o Serviço de Assistência Social do município para providenciar uma casa para a mãe morar com os filhos.

A casa é de madeira e não tinha alimentação adequada. “O ambiente é completamente insalubre, o Conselho Tutelar vai acompanhar essa família”, finaliza o conselheiro.

Segurança de empresa é ferido a tiros após trio anunciar roubo de armas
Ao reagir durante um assalto anunciado por três homens, o segurança Aldair José de Oliveira, 30, ficou ferido ao ser atingido por um tiro. O caso aco...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



riduculo esse comentario criticando o municipio, as autoridades nao vao entrar na sua casa pra saber o que esta acontecendo e nem podem somente apos uma denuncia, e em campo grande a situacao é pior ainda, esse monte de gente morando na rua, perto de hospitais e as autoridades dessa cidade tao perfeita onde estao, isso sim as autoridade podem ver e fazer algo, antes de criticar um municipio verifique os defeitos do seu
 
joao roberto em 28/07/2011 08:32:08
Facil falar por que em CG ninguem fica sabendo de nada, mas a incompetência acontece nas duas cidades, se fosse notícia de algo bom que o municipio tivesse feito não teria comentário nenhum...hipocrisia reina...CG tem muito esse tipo de coisa e muito, só não fica tão exposto por que são muitas pessoas...O problema não é ser pequeno, é toda uma casta de corrupção e roubalheira que se alastra da politica publica até "organizações sem fins lucrativos". A enfase não é cuidar das crianças e educar, e sim adquirir grana com elas...Fato!!!
 
José Antonio em 27/07/2011 08:13:36
E uma vergonha, um municipio tao pequeno as autoridades nao prestarem atençao nos acontecimento .ha 20 dias as crianças sozinhos espero que que o serviço de assistencia fica atento,ja que e possivel ter mais controle.
 
odilia Aparecida em 27/07/2011 06:40:54
Precisava acontecer tudo isso para que o o serviço de assistencia do município tivesse alguma atitude!! Fala Sério heim.
 
jose corsine em 27/07/2011 04:26:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions