A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

30/04/2014 22:54

Casal é encontrado morto e Polícia suspeita que filho é o assassino

Alan Diógenes
Os corpos do casal já estavam em estado de decomposição. (Foto: Edição MS)Os corpos do casal já estavam em estado de decomposição. (Foto: Edição MS)

Um casal foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (30), em uma chácara localizada na rua Pororoca, no bairro João de Barro em Camapuã. O principal suspeito é o filho do homem que estaria envolvido com a madrasta.

Veja Mais
Adolescente é encontrado morto com 19 facadas em Deodápolis
Brasileiro é encontrado morto em Yvypé no Paraguay

De acordo com o site Edição MS, Luiz Nogueira da Silva e a namorada dele identificada apenas como Edínia, foram encontrados morto por vizinhos que sentiram o mau cheiro vindo da residência onde moravam com um jovem identificado apenas como Silvano, que é filho de Silva.

Peritos do Núcleo de Perícias em Coxim foram acionados e no local constataram que a porta da frente estava trancada por dentro e a porta dos fundos trancada pelo lado de fora, ambas com correntes e cadeados. No interior do imóvel, os peritos encontraram os corpos do casal caídos no chão, em avançado estado de putrefação.

Silva teria sido morto com um golpe na cabeça, provavelmente causado por um machado. Ele teve o crânio aberto pela pancada. Já Edínia, apresentava vários cortes na lateral esquerda do corpo e teve o abdômen aberto, deixando as vísceras expostas.

No local os peritos encontraram um machado, uma foice e uma faca, que podem ter sido usados no crime, além de várias folhas de papel com um desabafo que teria sido escrito por Silvano dando detalhes do envolvimento dele com a madrasta e sugerindo sua autoria no crime.

Silvano está sendo procurado pela polícia de Camapuã. Apesar dos indícios, ainda não há confirmação da autoria dele no crime.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions