A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

31/01/2014 20:41

Casal embebeda, estupra amiga e pode pegar 18 anos de cadeia

Vinícius Squinelo

Um casal foi denunciado na Justiça de Dourados por estuprar uma amiga em Dourados, município distante 233 quilômetros da Capital. O caso ocorreu em novembro do ano passado, mas a investigação correu sob sigilo e só foi revelada nesta sexta-feira (31).

Veja Mais
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento

Segundo o promotor João Linhares, da 1ª Vara Criminal de Dourados, o estupro ocorreu durante uma festa de comemoração.

“O casal foi sorteado e ganhou um veículo, e chamou a amiga para comemorar”, explicou Linhares. “Eles se embebedaram com cerveja e vodka, e depois da meia-noite a acusada tentou beijar a vítima, mas foi repelida, então o casal agarrou ela, levou para o quarto e cometeu o crime”, emendou.

O estupro foi confirmado por exame de corpo de delito, que também revelou agressões sofridas pela vítima. Ela teve os braços segurados pela acusada, enquanto o homem consumava o estupro. A vítima chegou a desmaiar, mas mesmo assim o ato continuou.

A vítima procurou a polícia, e a Promotoria deu início às investigações. A acusada acabou confessando o estupro por mensagens de celular enviado à vítima. As provas foram anexadas aos autos do processo.

O promotor, que não revela o nome dos acusados para preservar a vítima, já encaminhou o processo para a Justiça Criminal.

O casal é acusado de estupro de vulnerável, e pode pegar até 18 anos de prisão, segundo Linhares.

Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



Ao invés de cultivar boas amizades, fica se envolvendo com gente TRANQUEIRA e se embebedando. É nisso que dá...
 
Fernando Giardino em 01/02/2014 12:05:20
Parabéns a policia, e roberto acho q vc não leu direito a matéria, 1- o Promotor nao deu nome para preservar a vitima, sendo que uma vez divulgado o nome dos autores, por consequência o nome da vitima vinha junto, 2- o carro eles ganharam em um sorteio e não foi presente dos pais.... sabendo o nome ou não, o que temos que ficar atento, é com quem andamos, e o que fazemos na companhia deles, tem um ditado que diz: ME DIGA COM TU ANDAS, QUE EU TE DIREIS QUEM ÉS.....
 
Gilmar do Santos em 01/02/2014 08:54:31
Se fosse políticos ou pobre o nome seria revelado. ISSO É UMA VERGONHA PARA IMPRENSA. SUL-MATO-GROSSENSE. se a vítima denunciou e bandida confessou já é comprovado o crime, porque não dar nomes aos bois. Evidente que é filho de ricos, pois os criminosos ganharam um carro de presente dos pais claro. Queremos saber os nomes, para que outras pessoas da sociedade não caiam nas mãos desses bandidos..
 
roberto djalma barros em 01/02/2014 08:38:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions