A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

28/11/2011 16:12

Chapadão inaugura duplicação da MS 306, viadutos e indústria de óleo

Edmir Conceição
O prefeito Jocelito Krug e o governador André Puccinelli em reunião na Assomasul. (foto: Chico Ribeiro)O prefeito Jocelito Krug e o governador André Puccinelli em reunião na Assomasul. (foto: Chico Ribeiro)

O prefeito de Chapadão do Sul, Jocelito Krug (PMDB), recebe o governador André Puccinelli no próximo dia 2 para agenda de inaugurações. Além de obras públicas, a cidade vai dar mais um impulso na cadeia de um de seus principais produtos agrícolas – o algodão.

Veja Mais
Jovem cai em golpe de recarga premiada e deposita R$ 20 mil para estelionatário
Lagoa transborda com temporal e alaga casas e ruas de cidade de MS

Será inaugurada a primeira indústria de esmagamento de caroço de algodão para fabricação de óleo comestível. O município é, ao lado de Naviraí, no Sul do Estado, um dos principais produtores de algodão, mas a planta cultivada em Chapadão tem a melhor fibra, produz a melhor pluma destinada à indústria de fiação, além de registrar grande produtividade. Além da fibra, Chapadão vai industrializar o caroço para a fabricação de óleo.

As inaugurações começam às 9h do dia 3 de dezembro, com a entrega da duplicação da MS 306 e a construção de dois viadutos no perímetro urbano da cidade. A solenidade será realizada na rotatória em frente à nova rodoviária. No local, o governador fará a inauguração simbólica de uma ponte de concreto de 10m construída pelo Governo do Estado sobre o córrego Saltinho.

Em seguida, às 10h30, acontece a solenidade inaugural da primeira indústria esmagadora de caroço de algodão em Mato Grosso do Sul. O governador André Puccinelli receberá também o título de cidadão do Município, outorgado pela Câmara Municipal.

Máquina trabalha no aterro sanitário de Chapadão do Sul. (Foto: Divulgação/Prefeitura)Máquina trabalha no aterro sanitário de Chapadão do Sul. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Aterro - Por outro lado, a Prefeitura Municipal segue o cronograma acelerado das obras do aterro sanitário da cidade, que vai garantir a destinação correta dos resíduos sólidos produzido no município. De acordo com a Secretaria de Obras, a empreiteira contratada para as obras faz nesse momento a drenagem do chorume e a construção da área administrativa e guarita.

O aterro está sendo construído nos fundos da Fazenda Passo Fundo em uma área de 10 hectares. A construção faz parte de um amplo projeto de reestruturação de todo o processo de recolhimento e destinação do lixo urbano de Chapadão do Sul.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions