A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

26/10/2015 18:46

Chuva alaga posto de saúde, abre crateras e leva parte do asfalto

Mariana Rodrigues
Em Nova Andradina a chuva foi tão intensa que abriu várias crateras. (Foto: Emerson Dantas/Jornal da Nova)Em Nova Andradina a chuva foi tão intensa que abriu várias crateras. (Foto: Emerson Dantas/Jornal da Nova)

Vários municípios do Estado foram atingidos pelas chuvas que caíram nesta segunda-feira (26) e causaram estragos. Em alguns locais a chuva alagou postos de saúde, levou parte do asfalto, abriu crateras e deixou ruas intransitáveis.

Veja Mais
Chuva passageira e vento de até 42Km/h provoca queda de árvore e alagamentos
Após estiagem de 15 dias, chuva acaba com tempo seco na Capital

Em Sidrolândia - distante 71 km de Campo Grande, a chuva que caiu durante a madrugada atingiu a Unidade Central de Saúde, Acelino Roberto Ferreira, acumulando 15 centímetros de lâmina de água no primeiro pavimento que escoou para o térreo onde estão localizados os consultórios.

Segundo o site Região News, devido a quantidade de água que se instalou no local, as funcionárias do local só conseguiram retirar toda a água três horas depois, cerca de 9h da manhã. Os pacientes que esperavam para entregar material de exame se depararam com a situação ao chegar no posto.

Nova Andradina - distante a 300 km da Capital também contabilizou estragos devido à chuva. O temporal permaneceu por poucas horas, mas a intensidade foi tão forte que fez vários estragos em várias ruas. Segundo informações do Jornal da Nova, a chuva forte e rápida causou alagamentos em diversos pontos e abrindo valas e crateras por onde passava. Em alguns pontos da cidade, o asfalto chegou a sair por inteiro.

Em Sidrolândia, a chuva causou transtornos e deixou o posto de saúde alagado. (Foto: Marcos Tomé/Região News)Em Sidrolândia, a chuva causou transtornos e deixou o posto de saúde alagado. (Foto: Marcos Tomé/Região News)

Entre os bairros mais atingidos está Horto Florestal, mais precisamente na Rua Imaculada Conceição com a rua Antônio Duarte, o local ficou intransitável, águas da chuva abriram crateras nas ruas e levaram parte do aterro que estava sendo feito as tubulações de águas fluviais. No dia 14 de janeiro deste ano, aquele local ficou interditado por vários dias e alguns moradores tiveram que saírem de suas residências.

Devido a força da enxurrada, a Rua Imaculada Conceição que está recebendo asfalto e obras de meio fio, teve algumas partes de asfalto e poste de energia elétrica levada pelas águas. Ainda conforme o Jornal da Nova, outros postes de energia elétrica estão com riscos de cair, caso venha outra chuva forte.

Na Antônio Duarte, entre a avenida José Heitor de Almeida Camargo, outro poste de energia elétrica caiu e algumas casas foram inundadas. Moradores relataram que entraram em desespero na hora da chuva, pois a rua ficou parecendo um rio.

Em Nova Andradina, parte do asfalto foi levado com a chuva. (Foto: Emerson Dantas/Jornal da Nova)Em Nova Andradina, parte do asfalto foi levado com a chuva. (Foto: Emerson Dantas/Jornal da Nova)

Em outro ponto da cidade, na rua André Loyer, da entrada da Vila Santo Antônio, até nas proximidades do frigorífico Navi Carnes, a chuva deixou fendas, crateras e vários canos de água, esgoto foram arrancados com a força das águas da chuva.

Várias equipes da prefeitura já estão trabalhando nos bairros afetados. A Sanesul e a Energisa, já estão trabalhando para solucionar os casos onde houve rompimento de canos e redes de abastecimento de água e de energia elétrica, como cabos elétricos e postes caídos, respectivamente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions