A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

30/09/2013 09:07

Chuva de granizo mata até galinhas e pedras ficam nas ruas 6h após queda

Edivaldo Bitencourt
Morador recolhe pedras de gelo que caíram de madrugada em Paranhos (Foto: Paulo M. Rodrigues)Morador recolhe pedras de gelo que caíram de madrugada em Paranhos (Foto: Paulo M. Rodrigues)

Seis horas após chuva de granizo, moradores de Paranhos, a 469 quilômetros da Capital, ainda ficavam espantados com a grande quantidade de pedras de gelo espalhadas nas ruas, pastos e propriedades rurais. Além de destruir plantações, o temporal destelhou várias residências e até matou animais.

Segundo o secretário municipal de Agricultura, Paulo Maykel Rodrigues, foram 44 milímetros de chuva de 1h30 às 4h30 da madrugada desta segunda-feira (30). O granizo caiu por aproximadamente 30 minutos e atingiu a saída da cidade para Amambai, propriedades rurais e, pelo menos, dois assentamentos rurais.

A horta municipal teve 22 canteiros de alface, couve e cebolinha destruídos pelas pedras. “Só sobrou cenoura e beterraba”, conta Rodrigues, que está saindo com uma equipe para fazer o levantamento dos estragos na zona rural do município.

 

Morador mostra animais que morreram com a chuva de pedra (Foto: Paulo M. Rodrigues)Morador mostra animais que morreram com a chuva de pedra (Foto: Paulo M. Rodrigues)

A intensidade da chuva de granizo foi tanta que até animais morreram, como pombas e galinhas. Paulo Rodrigues conta que até tanques de peixes e açudes estão cheios de pedras. Ele estima que os peixes também podem ter morrido com o choque térmico causado pela imensa quantidade de gelo que caiu do céu na madrugada.

Outro prejuízo é o cultivo de mandioca, que está na fase de broto da planta. Os assentamentos mais atingidos são os São Vicente de Paula e São Cristovão.

José Xavier foi um dos moradores que teve a casa toda perfurada pelas pedras. A Prefeitura ainda está levando os prejuízos para saber quantas famílias foram prejudicadas pelo temporal da madrugada.

Primavera – A famosa estação das flores deve ser marcada por temporais neste ano em Mato Grosso do Sul. Institutos de meteorologia preveem que mais temporais e chuva de granizo até a chegada do verão.

Outra marca da estação será o calor, que deverá bater recorde histórico neste ano no Estado ao registrar até 40º C.

Apuração no HR conclui que não houve 'falha ética' em mortes no local
Uma investigação interna realizada pela direção do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande para apurar a mo...
Carreta da Justiça oferecerá serviços a partir do próximo dia 13
Carreta da Justiça, programa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) que oferece serviços do judiciário de forma gratuita, chegará ao mun...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions