A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

05/12/2014 12:02

Cinco pessoas são presas com 2 mil caixas de cigarros contrabandeados

Luciana Brazil
Carretas são aprendidas e levadas para delegacia de Alcinópolis. (Foto: Edição MS)Carretas são aprendidas e levadas para delegacia de Alcinópolis. (Foto: Edição MS)
Veículos faziam a função de batedores. (Foto: Edição MS)Veículos faziam a função de "batedores". (Foto: Edição MS)

Quatro caminhões carregados com mais de 2 mil caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai e dois veículos de passeio, que funcionavam como “batedores”, foram detidos na madrugada de hoje (5), na MS-436, próximo a Alcinópolis, a 402 quilômetros de Campo Grande. Durante a ação, cinco pessoas foram presas e 2.390 caixas de cigarro foram apreendidas. As caixas estavam distribuídas em quatro caminhões.

Veja Mais
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo

De acordo com o site Edição MS, a PM (Polícia Militar) recebeu uma denúncia de que dois veículos estavam parados na rodovia, e a Polícia Civil foi acionada para ajudar na fiscalização. Em uma estrada vicinal a polícia encontrou um Strada parado a um quilômetro da rodovia.

O motorista ficou nervoso ao ver os policiais e entrou em contradição ao tentar explicar o motivo de estar no local. Ele acabou confessando que fazia a “segurança” de caminhões carregados com as mercadorias ilícitas. Como batedor, o veículo vai à frente para avisar se há fiscalização na rodovia.

Em outro ponto, os policiais encontraram o caminhão, mas o condutor havia fugido. Logo em seguida, o motorista de outro veículo, um Montana, tentou fugir ao ver os policiais, mas foi abordado e detido.

Bem próximo ao carro, três caminhões com cigarros estavam parados e com os motores ligados. Os motoristas foram presos e confessaram o transporte.

Os veículos, a carga e os condutores foram encaminhados para delegacia de Alcinópolis.

Destino- Segundo o site Edição MS, todas as carretas foram carregadas em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Uma delas, com 600 caixas, seria levada para Cajamar (SP). Outro caminhão levaria 590 caixas de Pedro Juan até Rio Verde (GO). O terceiro caminhão, com 600 unidades, seria levada iria entregar a mercadoria até Goiânia.

No caminhão, onde o motorista conseguiu fugir, estavam 600 caixas de cigarro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions