A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

10/07/2015 20:22

Cliente pagará R$ 10 mil por danos morais à funcionária dos Correios

Thiago de Souza

Um homem foi condenado a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais a uma funcionária de uma agência dos Correios, em Água Clara, distante 107 quilômetros de Campo Grande. Por unanimidade, a 2ª Câmara Cível negou pedido de recurso feito pelo réu, Sérgio Zanone. A informação foi divulgada hoje pelo TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). 

Veja Mais
Justiça mantém indenização à família de bebê que queimou as mãos na escola
Prefeitura terá que pagar indenização a servidora que se acidentou no trabalho

O caso se deu em uma agência dos Correios. Segundo os autos do processo, a funcionária se negou a fornecer diretamente a Zanone suas correspondências da caixa postal. De acordo com o regulamento da Empresa, quem aluga a caixa recebe cópia da chave e deve, por si só, retirar suas correspondências.

Diante da negativa do pedido, o homem começou a xingá-la na frente de outros funcionários e clientes que estavam no local. A vítima e testemunhas disseram que Zanone xingou a funcionária de incompetente. Fato que o acusado diz não se lembrar. 

Zanone alega que a discussão não passou de um mero aborrecimento, algo incapaz de causar danos à vítima. O relator do processo, Desembargador Vilson Bertelli, entendeu que a discussão entre réu e acusada extrapolou uma situação de normalidade e causou, sim, dano à mulher. 

O magistrado reitera que o caso se deu em uma cidade de pequenas dimensões, no interior do Estado, o que intensificou o dano à funcionária.

Justiça mantém indenização à família de bebê que queimou as mãos na escola
A Justiça manteve indenização de R$ 10 mil à família de uma criança que teve queimaduras de segundo grau nas mãos e joelhos ao engatinhar no sol quen...
Prefeitura terá que pagar indenização a servidora que se acidentou no trabalho
A prefeitura de Bataguassu, município localizado a 335 quilômetros da Capital, foi condenada em primeira instância pela Justiça a pagar de R$ 80 mil ...
Passageiros pedem indenização por transtornos em excursão, mas Justiça nega
Alegando transtornos, cinco passageiros de excursão de ônibus acionaram a Justiça para pedir indenização, mas sentença proferida pelo juiz da 15ª Var...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions