A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

28/03/2015 14:26

Com 167 notificações em março, município vive risco de epidemia de dengue

Mariana Rodrigues
A Secretaria de Saúde reforçou o combate ao mosquito transmissor da dengue. (Natalho Cuer/PMNA)A Secretaria de Saúde reforçou o combate ao mosquito transmissor da dengue. (Natalho Cuer/PMNA)

Em Mato Grosso do Sul, 60% das cidades se encontram na lista de municípios com possibilidades de epidemia de dengue ou em estado de alerta, conforme divulgou nos últimos dias um levantamento da SES (Secretaria Estadual de Saúde). Segundo dados do último boletim epidemiológico, em Nova Andradina – distante a 300 quilômetros de Campo Grande, no período de 15 a 21 de março, o município contabilizou 167 notificações.

Veja Mais
Alunos criam inseticida contra mosquito da dengue e apresentam na Espanha
Alta incidência de dengue atinge 24 cidades e epidemia continua em Iguatemi

Segundo informações do site Nova News, para diminuir os casos da dengue, a Secretaria de Saúde realiza os chamados "bloqueios" nas residências. A ação consiste na visita domiciliar do agente de endemias para vistoriar a casa na busca por focos do mosquito, orientar a família sobre os cuidados com vasilhames e recipientes de água descobertos. Se o foco do mosquito for confirmado, é feito um tratamento com aplicação de inseticida com nebulizador no local, além do carro fumacê nos bairros.

Conforme informações da Secretaria de Saúde de Nova Andradina, a Vigilância Epidemiológica e CCZ (Centro de Controle Zoonoses), reforçaram nesta semana o pedido de apoio à população para o combate ao mosquito transmissor da dengue. Os bairros com maior incidência até o momento são o Durval Andrade Filho, Bela Vista e Argemiro Ortega, mas também há notificações no distrito Nova Casa Verde e assentamentos da região.

O secretário de Saúde Silvio Senhorini, destacou a importância de campanhas preventivas, mas também alertou a população para a limpeza de terrenos e os cuidados diários que devem ser tomados para evitar a proliferação do mosquito.

"Mesmo com as diversas ações desenvolvidas pelo poder público, a exemplo do mutirão de limpeza, visitas periódicas dos agentes de saúde e as ações realizadas no Dia D Contra Dengue, é preciso que a população se conscientize e dê mais atenção aos cuidados diários com o quintal", disse.

Nas últimas semana foram registrados em todo o Estado 1.247 casos da doença, o que equivale à média de 178 por dia. Somente em 2015, o índice de notificações de dengue já passa de 8.420, o que fez com que 47 municípios (60%) entrassem para lista. O boletim epidemiológico da SES aponta ainda que foram registradas duas mortes causadas pela dengue em Mato Grosso do Sul. Os óbitos ocorreram nas cidades de Corumbá e Paranhos.

Outros Municípios: Segundo o último boletim epidemiológico, subiu de 20 para 24 o número de municípios com alta incidência de dengue na última semana. Passaram a compor a lista as cidades de Inocência, com 50 notificações, Nova Andradina, com 167, Aparecida do Taboado, que registrou 86 notificações e Alcinópolis, com 21 casos registrados. O município de Iguatemi continua liderando a lista com 1.218 casos notificados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions