A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

16/10/2015 21:00

Com adesão de Juti, na região de Dourados greve fecha todas os bancos

Flávio Paes

Com a adesão, nesta sexta-feira (16/10), dos funcionários da agência do Banco do Brasil da cidade de Juti, última que ainda permanecia aberta, a greve nacional dos bancários atingiu a marca de 100% de paralisação na base do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Dourados e Região. 

Veja Mais
Veículo colide em capivara, sai da pista e pega fogo nas margens da MS-157
Embriagada e cansada de apanhar, mulher mata marido com facada

Em todo o país, nesta sexta-feira, os bancários ampliaram ainda mais o movimento e fecharam 12.277 agências e 44 centros administrativos.

Desta forma o quadro de unidades paralisadas nos treze municípios que compõem a base do sindicato ficou assim: 23 em Dourados, 04 em Maracajú, 04 em Caarapó, 04 em Rio Brilhante, 03 em Fátima do Sul, 02 em Nova Alvorada do Sul, 02 em Itaporã, 02 em Glória de Dourados, 02 em Deodápolis, 01 em Jatei, 01 em Douradina, 01 em Vicentina e, 01 em Juti. Além de mais 03 PABs (Posto de Atendimento Bancário) do Bradesco.

Segundo Janes Estigarribia, presidente do Sindicato, que critica a postura dos banqueiros que não apresentaram nenhuma nova proposta.  “A última negociação com os banqueiros aconteceu no dia 25 de setembro, quando a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu a ridícula proposta de 5.5%, rejeitada pela categoria em todo o país.

Desde então a Fenaban silenciou na esperança de enfraquecer o movimento, lego engano. A greve teve início no dia 06 e a adesão dos bancários desde então só fez aumentar, deixando muito claro que só sairemos dela com uma proposta descente dos bancos”. Declarou Estigarribia.

A pauta de reivindicações foi entregue à Fenaban no dia 11 de agosto. A primeira rodada de negociação aconteceu logo depois, dia 19. Na pauta, emprego, assunto importante, mas negado pelos bancos. Foram seis rodadas com temas variados, como segurança, saúde e igualdade de oportunidades. Não houve avanço em nenhum dos encontros




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions