A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

28/10/2016 16:19

Com apoio brasileiro, Paraguai inicia ofensiva contra lavouras de maconha

Operação Aliança foi desencadeada do lado paraguaio da fronteira, onde droga é cultivada no meio de florestas

Helio de Freitas, de Dourados
Agente da Senad recolhe fardos de maconha encontrados em acampamento (Foto: Divulgação/Senad)Agente da Senad recolhe fardos de maconha encontrados em acampamento (Foto: Divulgação/Senad)

Com apoio da Polícia Federal brasileira, a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai iniciou hoje (28) a 14ª fase da Operação Aliança para destruir lavouras de maconha no Departamento de Amambay, que fica na fronteira com Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Governo do Estado entrega viaturas ao Corpo de Bombeiros nesta sexta
Armas e munições são apreendidas pela PRE com casal na rodovia MS-164

O trabalho conjunto é comandado pelo promotor de Justiça Hugo Bolpe e envolve a FTC (Força-Tarefa Conjunta) e um helicóptero da Força Aérea do Paraguai.

As ações são feitas pelo ar e por terra, para identificar e destruir lavouras de maconha existentes entre florestas do lado paraguaio, principalmente nas regiões de Pedro Juan Caballero e Capitán Bado.

De acordo com o governo do departamento de Amambay, a operação foi prorrogada por 12 dias para eliminar o maior número possível de roças de maconha e para destruir os acampamentos usados pelos traficantes para embalar a droga.

Nesta sexta-feira o trabalho foi feito na região conhecida como Rosalina, onde foram detectados e eliminados 21 hectares de maconha.

Em um único dia, segundo a Senad, foram tirados de circulação pelo menos 67 toneladas da droga – um prejuízo econômico de dois milhões de dólares para os traficantes.

A Operação Aliança também destruiu 15 acampamentos onde estavam 3.770 kg de maconha picada, 331 kg de maconha prensada e 610 kg de sementes, além de duas prensas de madeira rústica. Todo o material foi queimado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions