A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

09/06/2015 18:18

Com atendimento oftalmológico, Caravana da Saúde registra 550 pacientes hoje

Renata Volpe Haddad
Previsão é de realizar 2.200 cirurgias e 6 mil consultas oftalmológicas. (Foto: Jessica Barbosa)Previsão é de realizar 2.200 cirurgias e 6 mil consultas oftalmológicas. (Foto: Jessica Barbosa)

A Caravana da Saúde chegou em Três Lagoas e na manhã de hoje, cerca de 550 pessoas passaram pelas primeiras consultas, nas carretas oftalmológicas. No parque Arena Mix, a edição do programa iniciou os procedimentos de oftalmologia e a previsão é de que sejam realizadas 2.200 cirurgias oftalmológicas e 6 mil consultas, atendendo pacientes que aguardam na fila dos municípios de Água Clara, Bataguassu, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas.

Veja Mais
Caravana da Saúde começa na terça-feira com estimativa de 2 mil consultas
Caravana da Saúde realiza consultas e ações de cidadania em município

A prefeita Márcia Moura (PMDB) esteve presente e conversou com os pacientes que esperavam ser atendidos. De acordo com ela, os beneficiados elogiaram a iniciativa e em alguns momentos, se sentiam emocionados por poderem ter a oportunidade de receber um atendimento gratuito e de qualidade. “Ouvi muitos elogios das pessoas com quem conversei, para nós é gratificante ver nos olhos das pessoas a felicidade de poder enxergar melhor novamente”, afirmou.

Pacientes - Durante a manhã, pacientes destacaram o atendimento e o alívio ao ter a confirmação da tão aguardada cirurgia. Morador em Três Lagoas, o aposentado João Ferreira Borges, 58 anos, falou da dificuldade em conseguir marcar uma cirurgia oftalmológica e como a proposta da Caravana da Saúde vem para resolver esta situação. “Fiquei durante um ano tentando conseguir um médico para fazer a cirurgia, e quando consegui o preço para a cirurgia se tornou inviável. Quando eu vi o anúncio da Caravana na TV vi que era uma grande oportunidade. É um programa excelente que está levando um atendimento a custo zero para a população”, destacou.

Há três anos aguardando uma cirurgia de catarata, a aposentada Clarice de Souza Ferreira, 61 anos, percebeu que estava com problemas de visão ao perceber que não enxergava mais preços de tabelas em supermercados. Daí em diante os sintomas foram progressivos, afetando até as suas atividades de casa. “Tive o diagnóstico em 2012 e desde então o problema de visão foi se agravando. Soube da Caravana da Saúde pela rádio e a minha filha fez a inscrição. Para mim é um alívio ter acesso a este atendimento de forma rápida sem ter que aguardar anos na fila”, destacou.

O dia D de atendimentos será nos dias 13 e 14 de junho onde também serão realizados consultas e exames com especialidades em ortopedia, cardiologia, IMC e também a presença das unidades parceiras como: Hospital do Câncer Alfredo Abraão, Tribunal de Justiça, APAE, SESI entre outros.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions