A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

16/07/2011 08:42

Com indicativo nacional, greve na UFGD e HU de Dourados pode ser retomada

Vinícius Squinelo

Assembleia vai decidir sobre nova paralisação

Os trabalhadores administrativos da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e do Hospital Universitário da cidade podem voltar a paralisar o atendimento já na próxima semana. Uma assembleia da categoria vai decidir a possibilidade de uma nova greve.

No último dia 11, os servidores da UFGD decidiram suspender a paralisação, iniciada dia 15 de junho, depois de aderirem ao indicativo proposto pela Fasubra (Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras), causada pela abertura de negociação com o Governo Federal.

Porém, a própria Fasubra voltou atrás na última quarta, e decidiu continuar com a greve dos servidores técnicos administrativos das Universidades Federais.

Com a nova orientação nacional, as entidades estaduais deverão decidir sobre a manutenção da greve.

Na próxima segunda-feira o comando de greve da UFGD, que engloba o HU de Dourados, irá definir data de assembleia para que a categoria decida se deseja retomar a greve ou aguardar mais alguns dias para saber se haverá alguma negociação com o governo federal.

A paralisação anterior envolveu servidores da UFGD e do Hospital Universitário de Dourados. Em todo o País, de acordo com a Fasubra, 49 universidades federais aderiram ao movimento e estão deliberando em suas bases pela suspensão ou não da greve. Os grevistas reivindicam reajuste salarial, abertura de concursos públicos e outras melhorias nas condições de trabalho.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions