A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

11/03/2011 16:20

Abalo sísmico de 3,8 graus em Paranaíba afeta 31 construções

Jorge Almoas

Episódio aconteceu no sábado e foi confirmado hoje pela Defesa Civil nacional

Rachadura em casa na periferia de Paranaíba (Foto: Jornal Tribuna Livre)Rachadura em casa na periferia de Paranaíba (Foto: Jornal Tribuna Livre)

Nesta sexta-feira em que o mundo acompanha as consequências do terremoto no Japão, a Defesa Civil nacional informou que Paranaíba, município localizado a 422 quilômetros de Campo Grande, sofreu um abalo sísmico de 3,8 graus na escala Richter no último sábado.

O tremor causou prejuízos em 31 edificações, sendo que em duas, parte da construção desabou. Não houve vítimas, segundo explicou o secretário municipal de Infraestrutura, Jean Gleik Martins Carvalho.

“Recebemos essa informação hoje da Defesa Civil e vamos confirmar com o setor de sismologia da UFMS [Universidade Federal de Mato Grosso do Sul]”, disse Jean.

O secretário comentou que recebeu diversas reclamações de casas rachadas na região do bairro Santa Lucia, em Paranaíba. Ele explica que as casas atingidas encontram-se em uma linha reta. De acordo com os dados que pode levantar, o resultado de abalo sísmico é diferente de uma rachadura causada por problemas no alicerce da construção.

“A rachadura por falha na estrutura é contínua, enquanto a do abalo é espalhada, pulverizada”, afirmou o secretário.

Hoje, o abastecimento de água em Paranaíba foi normalizado. No sábado, o rio que corta o município transbordou, alagou a estação de tratamento e prejudicou o fornecimento de água.

Mulher é espancada e tem o nariz quebrado por rejeitar ficar com homem
Uma mulher de 29 anos foi agredida com socos, chutes e joelhadas após se negar a "ficar" com um homem. A agressão aconteceu na madrugada desta quinta...
Carro é encontrado danificado e carregado com 58 kg de maconha
Um carro abandonado sem para-brisa e com a roda danificada, foi encontrado próximo ao balneário municipal de Jardim, distante 233 km de Campo Grande,...



No mesmo dia do abalo no Japão, aqui no Brasil do outro lado do mundo, nós podemos presenciar um acontecimento desses, e porque será que não ouvimos nada disso na midia aqui nas grandes cidades? Qual a explicação cientifica? A verdade é que o ser humano está voltado para ilusão de uma vida de consumo desenfreado e se esquece que não adianta uma vida de trabalho para se aposentar e depois morrer e o que vem depois? Qual é o seu propósito? Até o rio da cidade transbordou... e ninguem lebra que nosso planeta é uma redoma, a propria lei do caos explica tudo, não adianta ser aqui ou na China ou Japão em todo o mundo todos podem sentir, para que vejam e acordem o quanto é tempo...
Tudos esses acontecimentos são só avisos que, Sanat Kumara, Gaia ou a Mãe terra ou como preferirem chamar, está dando aos homens, para que acordem da grande ilusão e ignorancia e vejam o mal que fazem a sí próprios aos seus irmãos e principalmente à unidade de toda a vida! Espero que na nossa vez, aqui no Brasil, as catastrofes sejam leves...
 
Marcelo França em 08/04/2011 06:08:22
é,,,a humanidade é uma cobra venenosa imença que picando a sí propria ao longo do tempo,hoje começa a se agonisar,no efeito tragico de seu proprio veneno...o que é uma pena.
 
waldemar de souza em 12/03/2011 09:42:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions