A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/02/2014 18:30

Comerciante é fuzilado em Ponta Porã, 4º brasileiro executado na fronteira

Filipe Prado

Em menos de uma semana, o quarto brasileiro foi executado na fronteira com o Paraguai. O comerciante Peterson Velilha, 30 anos, foi fuzilado, por volta das 17h de hoje, em frente à escola Mappe (Moderna Associação Pontaporanense de Ensino), na rua Antônio João, no centro de Ponta Porã, a 333 quilômetros da Capital, quando buscava o filho.

Veja Mais
Ex-PM da Capital e colega são mortos em troca de tiros no Paraguai
Policial civil brasileiro é morto após levar seis tiros em cidade paraguaia

De acordo com o site Repórter MS, Peterson estacionou o seu carro em frente a escola, quando um veículo, não identificado, passou pelo local e metralhou o veículo. O comerciante tentou fugir, mas acabou sendo atingido e morreu na hora.

Pelo menos 15 tiros, conforme o site, atingiram Peterson, sendo oito de um fuzil calibre 227 e sete de uma 9 milímetros. A Polícia Militar de Ponta Porã foi acionada, como a Polícia Nacional do Paraguai, que relatou que os bandidos provavelmente ultrapassaram a fronteira paraguaia.

A família de Peterson disse que não tem nenhuma pista de quem seriam os autores do crime. O caso está sendo investigado pelo 1º DP (Distrito Policial) de Ponta Porã.

Fronteira – Este é o quarto brasileiro assassinado na fronteira com o Paraguai em menos de uma semana. No dia 14 de fevereiro, os ex-policiais militares Jorge Luís Ayala, 47 anos, e Edson Borda da Silva, 50, foram assassinados em Pedro Juan Caballero. A polícia suspeita de acerto de contas.

Já no dia 12, o perito papiloscopista da Polícia Civil, Marcílio de Souza, 51 anos, foi morto em uma loja em Ype-Jhú, cidade paraguaia que faz fronteira com o município de Paranhos. Um carro se aproximou do local onde estava Marcílio e efetuou seis disparos. Um dos tiros, de calibre 12, atingiu a cabeça do policial, que chegou a ser socorrido, mas morreu antes de ser atendido no Hospital Municipal de Paranhos

Ex-PM da Capital e colega são mortos em troca de tiros no Paraguai
O ex-policial militar Luis Angel Ayala, 48 anos, campo-grandense e um homem ainda não identificado morreram em uma troca tiros, por volta das 17h, em...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions