A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

24/08/2011 10:13

Índio de 13 anos comete suicídio e corpo está há 16 horas no local sem perícia

Viviane Oliveira

A família aguarda há mais de 16 horas a chegada da Polícia Civil para perícia no corpo de adolescente indígena, de 13 anos, encontrado morto pendurado a uma corda no interior de uma choupana na aldeia Lima Campo no município de Ponta Porã, 323 quilômetros de Campo Grande.

A Polícia Civil foi acionada e até agora não compareceu ao local para fazer os procedimentos necessários. O corpo foi encontrado na tarde de ontem por volta das 17h30.

Conforme o site Dourados Agora, o conselheiro de Saúde Indígena de Mato Grosso do Sul Fernando Souza disse que a Polícia foi acionada, mas não compareceu ao local. “É uma falta de respeito à comunidade indígena”, disse Fernando.

A família do garoto quer velar e sepultar o corpo, mas nada pode fazer até a chegada da perícia técnica. Fernando disse que foi informado pela Polícia de que não poderia entrar na aldeia sem autorização da Funai (Fundação Nacional do Índio).

De acordo com o coordenador da Funai de Ponta Porã, Silvio Raimundo da Silva, o órgão só foi acionado hoje de manhã. Uma equipe já foi para o local junto com uma viatura da Polícia Civil, segundo Silvio.

O coordenador explica que tem um termo na Polícia Civil dizendo que área federal é de competência da Polícia Federal, e não da Civil. “Com isso causa esse impasse”, lamenta.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions