A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/10/2015 09:44

Conjunto habitacional é construído na fronteira com 1.015 casas

Casas do Residencial Kamel Saad estão em fase de acabamento e as famílias beneficiadas já foram selecionadas através de sorteio

Helio de Freitas, de Dourados
Vista aérea das casas do Residencial Kamel Saad, com 1.015 unidades, em construção em Ponta Porã (Foto: Lucho Rocha)Vista aérea das casas do Residencial Kamel Saad, com 1.015 unidades, em construção em Ponta Porã (Foto: Lucho Rocha)

Está sendo construído em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, na fronteira do Brasil com o Paraguai, o maior conjunto habitacional de Mato Grosso do Sul, o Residencial Kamel Saad, com 1.015 unidades. As residências estão sendo erguidas em parceria entre a prefeitura, governo do Estado e governo federal, através do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Veja Mais
Para aumentar receita, prefeituras elevam valor de imposto rural
Com menos dinheiro, prefeituras reduzem salários e falam em moratória

De acordo com o prefeito Ludimar Novais, as casas estão em fase de acabamento e recentemente a prefeitura asfaltou o acesso ao novo residencial, localizado próximo ao bairro Guy Vilela. Segundo ele, o investimento para construção do residencial chega a R$ 60 milhões.

Aquecedor solar – O novo bairro será entregue com drenagem, asfalto, calçadas com acessibilidade, lixeiras e arborização. Além disso, as casas terão aquecedor solar, equipamento que vai ajudar as famílias a economizarem energia elétrica.

As famílias que receberão as casas foram selecionadas pela prefeitura em agosto deste ano através de sorteio público, realizado na presença de representantes do Ministério Público, Câmara de Vereadores e Conselho Municipal de Habitação. Os nomes dos contemplados foram anunciados pelo próprio prefeito, em ato no centro de convenções da cidade, no dia 6 de agosto.

Apesar de o sorteio público, o prefeito pediu para a população ajudar a fiscalizar e denunciar qualquer suspeita de irregularidade na lista de contemplados. “A seleção foi bastante rigorosa, mas se alguém souber que existe contemplado que seja proprietário de outro imóvel deve denunciar na prefeitura ou ao Ministério Público. Procuramos fazer um sorteio justo, contemplando apenas famílias que realmente precisam de uma casa porque moram em áreas de risco ou porque não conseguem mais pagar aluguel”, afirmou Ludimar.

Beneficiados – A desempregada Jéssica Matozo Ramirez é uma das sorteadas para receber uma casa no novo residencial. “Estou muito feliz porque moro de aluguel. Agradeço a Deus por ter sido contemplada com essa casa”.

Franciele Chaves Gamarra também comemora a conquista da casa própria. Atualmente ela mora de favor no bairro São Vicente de Paula. “É muito difícil viver amontoado, mas agora tenho a minha própria casa”.

Aos 70 anos de idade, José Claros Gonçalves mora atualmente de favor no bairro Ignêz Andreazza foi outro contemplado no sorteio e pela primeira vez terá a sua casa própria. “Nunca tive uma casa, essa é a primeira vez, estou emocionado demais com esse momento porque consegui. Já estou velho, vivo sozinho”.

Asfalto – Nesta semana a prefeitura concluiu o asfalto dos acessos ao Residencial Kamel Saad. De acordo com a Secretaria de Obras e Urbanismo, quando o novo bairro for entregue os moradores poderão chegar ao local pela MS-164, pegando a Avenida das Flores, no Jardim Independência, até alcançar a Rua Formosa.

Por essa via, o morador poderá chegar ao centro da cidade tanto pela MS-164 quanto pela região dos Ipês, através da Rua Belmiro de Albuquerque.

Acesso ao residencial já está asfaltado e casas estão em fase de acabamento (Foto: Lucho Rocha)Acesso ao residencial já está asfaltado e casas estão em fase de acabamento (Foto: Lucho Rocha)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions